Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Dicas para combater a Fibromialgia

A fibromialgia é uma doença de dor aguda, ainda sem causas conhecidas. O diagnóstico é bastante complicado porque muitos médicos desconhecem os sintomas ou atribuem as dores a outras doenças que podem estar relacionadas mas que não irão ajudar muito no tratamento.

Quando o problema é identificado, o que se indica atualmente é um tratamento multidisciplinar, que abrange o uso de remédios, terapias, alimentação e exercícios. Com a adequação do tratamento, o paciente pode levar uma vida normal. Ainda que as dores não desapareçam totalmente, ganha-se muito em qualidade de vida. Abaixo, temos algumas dicas para ajudar a conviver com a fibromialgia.

Uma boa Alimentação

Um dos principais fatores que pode auxiliar e contribuir para uma melhoria da doença é a mudança de alguns hábitos alimentares, como a inclusão de alguns nutrientes como:

Coenzima Q-10: ela é responsável pela força e a eliminação da fadiga e pode ser encontrada em carnes em peixes, ou ainda, em cápsulas de suplementação natural.

A lecitina de soja: possui propriedades adstringentes, calmantes, antirreumática, emoliente, fungicida, laxante, tônica, hipocolesterolêmica, emulsificante e nutritiva. O seu consumo pode ser em pó, misturado aos alimentos, ou também em cápsulas de suplementação.

O ácido málico: é um composto encontrado em frutas, principalmente nas maçãs, e tem capacidade de aumentar a energia e tolerância ao exercício.

O magnésio: está presente nas saladas verdes, feijão e banana, por exemplo, e é responsável, entre outras coisas, pelo relaxamento e contração dos músculos, além de manter os ossos saudáveis.

As enzimas proteolíticas: as enzimas são fornecidas por alimentos crus e frescos, como abacaxi e mamão, e ajudam no processo inflamatório, aliviando a dor.

É importante que alimentação da pessoa com fibromialgia seja equilibrada, contendo o máximo de vitaminas presentes, incluindo uma grande quantidade de alimentos crus, vegetais, muita fruta, cereais integrais, e, se for possível, o máximo de produtos naturais e menos industrializados. Também é interessante reduzir gorduras polinsaturadas que aumentam inflações.

Dores frequentes podem ser sintoma da fibromialgia

Dores frequentes podem ser sintoma da fibromialgia

Yoga, Meditação e Acupuntura

Apesar de não ter as causas comprovadas, as tensões e os estresses que sofremos no dia-a-dia são associados ao desenvolvimento da fibromialgia. Assim, as técnicas milenares de relaxamento, tais como yoga, tai chi chuan, meditação e respiração profunda, podem ser de grande ajuda no controle dos seus sintomas evitando também que esses problemas se tornem recorrentes no futuro ou agravados por tensões desnecessárias.

A yoga, de acordo com um estudo de 2010 feito pela Oregon Health & Science University, pode ajudar a combater a dor, rigidez, fadiga, falta de sono, falta de memória, ansiedade, depressão e falta de equilíbrio, ou seja, melhora o corpo em todos os aspectos.

Já a acupuntura pode ser usada como um remédio. Se posicionada nos pontos de dor irá promover alívio e ainda, induz o controle da ansiedade e relaxamento. Outro fator a ser considerado, é que esse tipo de terapia contribui diretamente com os fatores psicológicos e emocionais dos pacientes, melhorando não apenas o corpo, mas ensinando a lidar com o problema de uma forma mais geral.

Exercícios físicos

Os exercícios para pacientes com fibromialgia não podem ser pesados, mas são fundamentais para restauração da massa muscular e para impedir o aumento da rigidez dos tendões. Nosso corpo foi feito para ficar em movimento e, repouso absoluto só poderá fazer mais mal.

Assim, o indicado são exercícios leves como caminhadas, hidroginásticas, exercícios aeróbicos, sem impactos e, também, recomenda-se iniciar com uma carga baixa e por pouco tempo inicial. Conforme seu corpo vai habituando, será possível aumentar a intensidade aos poucos.

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email