Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Fitoterápicos Ajudam a Emagrecer?

Os fitoterápicos são medicamentos preparados à base de plantas medicinais, que podem ser usados no tratamento de diversas doenças. Os medicamentos fitoterápicos levam anos para serem desenvolvidos, e são conhecidos pela eficácia do uso. A Anvisa é o órgão brasileiro que regulamenta os fitoterápicos, mediante a análise da matéria-prima, do produto final, das embalagens e também da estabilidade.

Uma das utilidades mais conhecidas dos fitoterápicos é a de auxiliar no emagrecimento. Sabe-se que o ganho de peso está relacionado a vários fatores, como oscilações hormonais, má alimentação, estresse, sedentarismo e até mesmo uma inflamação crônica. Os remédios naturais podem atuar em alguns desses pontos, favorecendo a eliminação dos quilos indesejados por meio da ação direta de amenizar os fatores que promovem o ganho de peso, como a ansiedade.

Fitoterápicos para Emagrecer

Os motivos para o ganho de peso são diversos, como a ansiedade, estresse, alimentação desequilibrada, disfunções hormonais, intestino preguiçoso, metabolismo lento, dentre outros. Muitas pessoas tentam resolver estes problemas com dietas extremas, que promovem até mesmo a falta de alimentação por muito tempo, ou pílulas que afetam o organismo negativamente.

Estes métodos extremos de tentativa de resolução dos problemas são maléficos para a saúde do indivíduo. Apesar do que muitos pensam, a falta de alimentação deixa o metabolismo ainda mais lento, e quando a pessoa voltar a se alimentar, o ganho de peso será ainda maior. Além disso, as pílulas que por exemplo, estimulam a evacuação, podem ocasionar desidratação, falta de nutrientes, etc.

É preciso ressaltar que o começo mais correto para um processo de emagrecimento é a mudança de hábitos. A pessoa necessita entender qual o seu problema principal que causa o ganho de peso. Por exemplo, caso seja a má alimentação, o ideal é tentar uma reeducação alimentar, a ingestão diária de uma alimentação equilibrada, dentre outros aspectos. Se o principal motivo for a ansiedade, os hábitos prejudiciais devem ser eliminados ou pelo menos diminuídos.

Tentando diminuir os hábitos prejudiciais, os fitoterápicos são uma boa opção. São medicamentos a base de plantas, o que os torna mais saudáveis. Não são fitoterápicos os que possuem substâncias ativas isoladas, sintéticas ou naturais.

Emagrecimento com fitoterápicos.

Conheça os benefícios dos fitoterápicos para o processo de emagrecimento.

Mesmo sendo feitos a partir das plantas, os fitoterápicos são medicamentos e devem ser encarados como tais. Em nenhuma hipótese, o uso dos remédios naturais pode ser feito por indicação de amigos e parentes. Somente um especialista no assunto (médico ou nutricionista) tem o conhecimento necessário para receitar os fitoterápicos, levando em consideração as características apresentadas por cada paciente.

Se você precisa perder peso, sugerimos que procure um profissional da área de nutrição para criação de um cardápio de emagrecimento. A indicação de cápsulas é recurso somente quando a dieta sozinha não apresentar os resultados desejados. Os chás são bem aproveitados, e podem ser ingeridos moderadamente para o emagrecimento. Confira abaixo uma seleção de alguns fitoterápicos.

Gymenma sylvestre: Esta planta é uma videira lenhosa que cresce comumente de forma nativa na Índia, África e Austrália. Os povos hindi a chamam de gurmar, um termo que significa “destruidor de açúcar”. Esta planta controla a compulsão do indivíduo por açúcar, ajudando a regular o ganho de peso.

Caralluma fimbriata: Esta é uma suculenta, utilizada a muito tempo como supressor do apetite. Esta planta, quando ingerida em forma de cápsulas, bloqueia a atividade de enzimas que formam a gordura, o que força o organismo a queimar a gordura armazenada.

Citrus aurantium: Esta planta também é popularmente conhecida como laranja amarga. Ela contém altos índices de vitamina C, fibras e minerais. Ela acelera o metabolismo, promovendo gasto de calorias e a queima de gorduras.

Coordia salicifolia: O chá-de-bugre também pode ser chamado de porangaba. É uma planta que atua na redução da gordura localizada, bem como combate a retenção hídrica. É muito conhecida por evitar a celulite.

Phaseolus vulgaris: Esta planta fornece a Faseolamina, que inibe a α-amilase e a digestão e absorção de amido, o que diminui o ganho de calorias. Esta planta também regula o índice glicêmico e dificulta a absorção dos carboidratos;

Chá verde: É anti-inflamatório, acelera o metabolismo e ainda tem função antioxidante.

Caso estas plantas sejam ingeridas em forma de chás, é imprescindível toma-los sem excesso, respeitando o corpo. Alguns destas plantas podem promover a evacuação em excesso, diminuição drástica do apetite, dentre outros problemas. Por isso, procure um terapeuta fitoterápico, nutricionista ou outros profissionais que possam lhe medicar corretamente.

Receitas e Naturais em seu email