Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Melancia – Propriedades Medicinais

Melancia (Citrullus lanatus) é o nome de uma planta da família Cucurbitaceae e do seu fruto. Trata-se de uma erva trepadeira e rastejante originária da África. É cultivada ou aparece quase espontaneamente em várias regiões do Brasil, geralmente em áreas secas e de solo arenoso. Originária da África, foi trazida ao Brasil por negros de origem Banto e Sudanês no processo de escravidão.

A planta é rasteira e anual, com folhas triangulares e trilobuladas e flores pequenas e amareladas, gerando um fruto arredondado ou alongado, de polpa vermelha, suculenta e doce, com alto teor de água (Cerca de 90%) e diâmetro variável entre 25 e 75 cm. A casca é verde e lustrosa, com estrias de verde-escuro no sentido do comprimento.

Sua composição, além do alto teor de água, inclui açúcar, vitaminas do complexo B e sais minerais, como cálcio, fósforo e ferro. (Fonte: Wikipedia)

Nomes Populares:

 

  • Melancia
  • Melancieira

Propriedades:

  • É calmante,
    • diurética,
    • laxante.
  • Auxilia em casos de ácido úrico,
    • gota,
    • obesidade.

Outros benefícios

A melancia tem 90% de água de sua estrutura e 5% de açúcar, vitaminas A, B1 B2, C e cálcio. A melancia tem um substância chamada citrulina, que se converte em arginina em nosso organismo e equilibra a pressão arterial e ainda tem a presença de potássio e magnésio que causa o efeito vasodilatador, impedindo placas que podem prejudicar o funcionamento do coração.

A arginina aumenta o volume de sangue no pênis, agindo curiosamente como o medicamento viagra, indicado para disfunção erétil, a fruta pode ajudar muito no combate a impotência sexual.

A melancia possui antioxidantes como o betacaroteno, licopeno e vitamina C. Esses oxidante combatem o estresse oxidativo, responsável por provoca a mutação na células saudáveis para cancerígenas. Entre os principais câncer evitados estão câncer de pulmão, endométrio, cólon, mama e próstata.

Por ser uma fruta levemente adoçicada, ela pode matar sua vontade de ingerir açúcar de forma natural sem engordar e além disso, ela promove a saciedade por conter, como já mencionado, muita água. Os antioxidantes presentes na melancia também, estimulam uma formação forte dos ossos, reduzindo muito o risco de contrair a osteoporose.

A melancia por sua grande quantidade de água, hidrata o corpo e aumenta o fluxo de secreção de urina, limpando os rins e livrando o organismo de várias toxina. O potássio que existe na fruta, evita nosso organismo de produzir o ácido úrico, substância que provoca enfermidades como gota e cálculo nos rins (pedras).

A melancia previne o aparecimento de cálculos renais

A melancia é rica em potássio, mineral que serve para o processo de contração dos músculos e faz a transmissão dos impulsos nervosos. Isso ajuda na resistência e recuperação muscular, o que resulta em mais resistência durante os exercícios e menos dores pós treino.

Na fruta existe uma molécula chamada cucurbitacina E, ela tem uma importante atividade anti-inflamatória. Ela inibe a enzima cicloxigenase ou COX, que está ligada à processos inflamatórios. Por se rica em betacaroteno, quando presente em nosso organismo, isso é transformado em vitamina A, essencial para a saúde dos olhos. A vitamina A previne a cegueira noturna e a degeneração macular que pode surgir em virtude da idade.

A melancia pode ser consumida sem medo pelos diabético pois em sua composição tem pequena quantidade de açúcar não sendo prejudicial à saúde e por converter a citrulina, presente na melancia, em arginina, isso equilibra os níveis de açúcar no sangue .

A fruta tem quantidades significativas de vitamina A e C, que promovem saúde para a pele e cabelos. A vitamina C produz o colágeno, substância que promove a elasticidade da pele, prevenindo o envelhecimento precoce e a vitamina A, cria novas células e repara também, evitando descamações. O betacaroteno e licopeno existentes na melancia também protegem a pele de queimaduras provocadas pelo sol.

A melancia tem uma pequena quantidade de fibras o que fornece uma saudável formação do bolo fecal e a água presente na fruta, o que melhora o trânsito pelo intestino do bolo fecal.  Por conter ação anti-inflamatória e ter vitamina C, a fruta previne a asma.

As sementes de melancia também tem o seu valor nutricional. Elas são ricas em ômega 3 e 6 que são conhecidas com gorduras boa, esses ácidos graxo ajudam no tratamento de distúrbios dos níveis de lipídios, melhorando a saúde cardiovascular e prevenindo doenças respiratórias tor ter ação anti-inflamatória.

As sementes também tem um elevado teor de carboidratos e fibras, sendo uma ótima fonte de energia e combatendo a constipação devido as suas fibras. O consumo das sementes de melancia também previne a formação de microorganismo no nosso corpo, agindo como um antibacteriano e antifungicida natural, evitando infecções gastrointestinais e diarreia.

Você pode usar as sementes em forma de chá: triture 40 gramas da sementes e adicione em 1 litro de água, ferva e deixe descando, tampado, po 1 hora e beba no decorrer do dia. Também pode triturá-las no liquidificados e usar em pães, doces, sopas e etc E também pode consumí-las torradas.

Receitas e Naturais em seu email