Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Maracujá – Propriedades Medicinais

Maracujá (do tupi mara kuya, “fruto que se serve” ou “alimento na cuia”) é um fruto produzido pelas plantas do gênero Passiflora (essencialmente da espécie Passiflora edulis) da família Passifloraceae. O nome da árvore é também conhecido como Maracujazeiro.

O maracujá é uma fruta típica das zonas tropicais e subtropicais do continente americano. O maracujá é cultivado por diversos motivos, que variam desde sua flor ornamental a atrativa até as propriedades e ações medicinais da fruta. O Brasil é o maior produtor de maracujá do mundo, e boa parte de sua exportação é destinada ao hemisfério norte do continente americano, como o Caribe e a região sul da Florida.

Sua popularidade faz com que o maracujá possua uma grande quantidade de nomes alternativos, veja aqui os principais: Flor da paixão, Maracujá açú, Maracujá mamão, Maracujá melão, Maracujá suspiro e Passiflora.

Neste artigo você conhecerá as propriedades e os benefícios do maracujá. Descubra ainda quais as suas principais recomendações para a saúde e quais as contraindicações e efeitos colaterais mais comuns. Boa leitura!

Maracujá – Propriedades Medicinais

Maracujá - Propriedades Medicinais

Maracujá – Propriedades Medicinais

O maracujá é uma fruta rica nas Vitaminas A, B e C. Além disso, ela apresenta boas doses de alguns sais minerais, por exemplo:

  • Cálcio
  • Ferro
  • Fósforo
  • Fibras
  • Sódio

O maracujá também possui importantes ácidos graxos em sua composição natural.

Com tudo isso, a fruta oferece aos seus adeptos uma boa quantidade de ações medicinais. Veja aqui as propriedades do maracujá comprovadas pela ciência:

  • Emoliante
  • Antioxidante
  • Vermífuga
  • Diurética
  • Sedativa
  • Tranquilizante
  • Anticoagulante

Benefícios do Maracujá

O mais famoso benefício do maracujá é seu surpreende fator calmante. A fruta tropical é excelente para a manutenção da saúde mental e emocional, além de aliviar o estresse. Todavia, os benefícios do maracujá não se restringem aos seus efeitos tranquilizantes. Veja aqui todos os benefícios desta fruta para a saúde:

  • Tratamento natural da ansiedade
  • Combate hemorroida e úlceras
  • Melhora a qualidade do sono, tratando problemas de insônia
  • Combate o envelhecimento precoce
  • Impedi o desenvolvimento de alguns tipos de câncer
  • Fortalece o sistema imunológico
  • Melhora a saúde dos olhos
  • Regula a pressão arterial, combatendo problemas de hipertensão
  • Melhora a saúde óssea
  • Combate alguns sintomas de asma
  • Equilibra os líquidos do organismo
  • Melhora a saúde da pele
  • Melhora o processo digestivo
  • Controla a Diabetes

Estudo recente desenvolvido pela UFRJ demonstrou quais regiões da fruta maracujá estão associados com alguns desses benefícios. Por exemplo:

  • Casca do maracujá: Evita picos de insulina, melhorando a qualidade de vida de pacientes com Diabetes. Também combate o mau colesterol e auxilia no emagrecimento saudável.
  • Sementes do maracujá: Encontra-se o óleo e ácidos graxos, especialmente importante na produção de cosméticos que beneficiam a saúde da pele e combatem o envelhecimento precoce.
  • Folhas da árvore de maracujá: Região responsável pela ação calmante do maracujá, é a parte mais importante para aqueles que desejam equilibrar a saúde emocional e mental. Para esse caso, o mais indicado é o consumo do chá de maracujá com as folhas da árvore.

É na casca do maracujá que localiza-se uma substância chamada pectina. O consumo adequado desta substância gera sensação de saciedade por períodos prolongados. Com isso, adeptos das cascas do maracujá alcançam com maior facilidade o efeito de emagrecimento saudável. Vale ressaltar que apesar da fruta não ser popular por este benefício, o mesmo já foi comprovado pela ciência inúmeras vezes, em especial entre pesquisas brasileiras.

Como consumir o Maracujá?

Suco de maracujá

Suco de maracujá

O maracujá é uma fruta versátil que pode ser incluída na dieta das mais variadas formas.

Infelizmente, há aqueles que lembram do maracujá apenas quando necessitam de uma energia extra, associando-o rapidamente com o suco; ou então, quando estão particularmente nervosos e precisam de um chá de maracujá.

Muito mais que apenas o suco e o chá de maracujá, a fruta pode ser incluída no dia a dia como:

  • Xarope de maracujá: Normalmente utilizado por suas propriedades fortificantes no combate a tosse, bronquite e outros males que prejudicam o sistema imunológico
  • Farinha de maracujá: Pode ser incluída nas refeições salgadas, sendo uma excelente alternativa para aqueles que buscam emagrecer de forma saudável e fortalecer o sistema imunológico
  • Molhos: A utilização de molhos à base de maracujá são particularmente apreciados em sobremesas ou no preparo de saladas
  • Tempero de carnes: O suco do maracujá pode ser utilizado para marinar carnes e peixes, trazendo um sabor diferenciado para os pratos

Dentre tantas alternativas, vale lembrar que o maracujá é uma fruta e, como tal, pode ser consumido in natura também. É possível adicionar pequenas doses de maracujá a saladas de frutas para apreciação no café da manhã ou em lanches ao longo do dia.

Efeitos Colaterais do Maracujá

Apesar de delicioso e repleto de propriedades e benefícios para a saúde, o maracujá é uma fruta que necessita de alguns cuidados por seus adeptos. Veja os principais cuidados que devem ser tomados:

  • As propriedades sedativas do maracujá podem interagir com medicamentos prescritos para depressão, ansiedade e outras doenças mentais
  • O consumo do maracujá deve ser evitado em paralelo com bebidas alcoólicas, uma vez que os reflexos são fortemente afetados pelo consumo em parceria
  • Medicamentos coagulantes do tipo Aspirina devem ser evitados em conjunto com o maracujá. Isso porque o efeito de diluição do sangue – comum nos dois casos – é dobrado quando algumas as substâncias são consumidas em conjunto
  • O maracujá é uma fruta com taxas generosas de açúcar em sua composição. Por esse motivo, pacientes com Diabetes devem evitar consumir o maracujá em excesso

Por esse motivo, o maracujá não é uma fruta interessante para todas as pessoas, apesar de seus efeitos benéficos para a saúde. Veja quem deve evitar o maracujá, ou cuidar para não exagerar nas doses:

  • Gestantes
  • Lactantes
  • Pacientes que utilizam medicamentos para depressão e ansiedade
  • Pessoas que tenham utilizado recentemente medicamentos anticoagulantes
  • Pacientes com Diabetes

Gostou deste conteúdo? Marque seus amigos, familiares e colegas e compartilhe com todos os benefícios e as ações benéficas do maracujá.

 

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email