Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Laranja Amarga – Propriedades Medicinais

Laranja-amarga (Citrus aurantium) é uma árvore citros da família Rutaceae. Muitas variedades de laranja-amargas são usadas para o óleo essencial de aroma e sabor, ou como um medicamento, além de ser matéria prima na produção de geleias e doces. Esta fruta tem seu interior vermelho, e é fácil de ser identificada.

Comumente são utilizados a casca, flor, folha, e suco da planta para a produção do extrato e óleo essencial de laranja-amarga. É comum que estes produtos sejam caseiros, mas hoje em dia já existem pílulas e suplementos com extrato de laranja-amarga, dentre outros ingredientes. Esta planta é conhecida, principalmente, no combate a obesidade e controle do apetite. Ademais, também é anti-inflamatória, anti-reumática, anti-séptica, dentre outras propriedades.

Benefícios da Laranja-Amarga

A laranja-amarga possui diversos nomes populares, como laranja-azeda, laranja-bigarade, laranja-cavalo, laranja-da-china, laranja-da-terra, laranja-de-sevilha, laranja-de-umbigo, laranja-morgote, laranja silvestre, morgote, tangerina morgote e laranja-menstruada. Esta planta é uma típica laranjeira, chegando a atingir 10 metros de altura. Possui folhas verdes, longas e escuras. Originada da Ásia, possui diversas propriedades medicinais.

A laranja-amarga é rica em vitamina C, fibras, potássio e antioxidantes. A vitamina C é uma vitamina que não sintetizada pelo nosso organismo. Por isso, devemos obtê-la por meio da alimentação. Ela é um poderoso antioxidante, de modo que deixa nossa pele mais saudável e evita o envelhecimento precoce dela. A vitamina C, chamada de ácido ascórbico, também aumenta a produção dos glóbulos brancos na nossa pele, de modo que nosso sistema imunológico fica mais forte. O ácido ascórbico aumenta a biodisponibilidade do ferro em nosso organismo e também é necessário à produção de colágeno, fortalecendo nosso osso, dentes, tendões e paredes dos vasos sanguíneos.

Já o potássio, também muito presente na laranja-amarga, é mineral de símbolo K. Ele é muito importante para o nosso organismo, pois exerce funções imprescindíveis. O potássio atua no balanço e distribuição de água no nosso corpo e controla a pressão arterial, além de ter uma importante ação no relaxamento muscular. A falta de potássio pode ocasionar distensão muscular, vômitos, cãibras, etc.

Laranja Amarga

Laranja -amarga

O uso mais popular da laranja-amarga é, sem dúvidas, para o controle da obesidade. Desde muito tempo a fruta vem sendo utilizada para o controle do apetite, devido à sua ação inibidora. Por isso, ela é consumida, seja na forma in natura, em extratos ou óleos, por pessoas que desejam emagrecer. Este uso se tornou comum com a medicina tradicional chinesa.

A Citrus aurantium é alcalinizante, antidepressiva e antiescorbútica. Esta última propriedade é muito interessante, pois ela também advém da vitamina C. O escorbuto é uma doença carcterizada pela carência de vitamina C, de modo que ocasiona hemorragias, gengivite, hematomas, fraqueza, fadiga, etc.

Ademais, a laranja-amarga é anti-inflamatória, anti-reumática, anti-séptica, aperiente, calmante, carminativa, depurativa, digestiva, diurética, relaxante e sedativa. Devido à estas ações relaxante e calmante, a aromaterapia, chá de laranja-amarga ou até mesmo o extrato, pode combater a insônia e ajudar o indivíduo a ter um sono mais tranquilo.

A laranja-amarga é indicada nos casos de constipação intestinal, dispepsia, diurese, estresse, escorbuto, gripe, insônia, úlceras no intestino, problemas no ânus ou no reto. Além disso, também é benéfico nos casos de distúrbios do fígado, vesícula biliar, doenças na bexiga e nos rins.

É importante ressaltar que, apesar do extrato de laranja-amarga seja utilizada em suplementos dietéticos para o controle da obesidade, a falta de consultas com profissionais especializados e também falta do controle pode ser extremamente perigoso. A laranja-amarga contém sinefrina, também conhecida como a fenilefrina. Esta é uma droga similar à efedrina, mas que age apenas como um estimulante adrenérgico (alfa), com um possível risco de choque isquêmico e hipertensão.

A sinefrina age diretamente no sistema nervoso central, e pelos efeitos estimulantes, aumenta o metabolismo e a quebra das gorduras, o que reduz o apetite e estimula a queima de gordura. Também é frequentemente utilizado para fins terapêuticos em diferentes fenilefrina tosse como vasoconstritor para controle da secreção nasal.

Receitas e Naturais em seu email