Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Hortelã Pimenta – Propriedades Medicinais e Benefícios

A hortelã é uma das plantas mais populares do mundo. Com mais de 25 espécies diferentes batizadas sob o nome de “hortelã”, cada uma delas tem suas especificidades e características próprias. A hortelã-pimenta (Mentha piperita L.) é da família das Lamiaceae.

A hortelã-pimenta é conhecida por diversos nomes, os mais comuns são Menta, Hortelã das cozinhas, Hortelã pimenta bastarda ou apenas Hortelã.

É possível adquirir hortelã-pimenta em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação ou em mercados e feiras livres. Sua aquisição pode ser realizada nas seguintes formas: Natural, Sachês, Cápsulas e também em Óleos essenciais. Para aqueles que desejam fazer chás ou infusões, o mais adequado é adquirir hortelã-pimenta sob a forma natural ou em sachês.

A hortelã-pimenta é uma planta medicinal amplamente difundida no Brasil e em todo o ocidente, além de ser uma das ervas aromáticas mais buscadas pela sua capacidade de gerar sensação de refrescância. A popularidade dessa erva está associada ao seu enorme número de propriedades medicinais e benefícios para a saúde. Nesse artigo você conhecerá as principais razões para se aproximar dessa incrível planta: a hortelã-pimenta. Boa leitura!

Propriedades medicinais e benefícios da hortelã-pimenta

Hortelã-pimenta fresca

Hortelã-pimenta fresca

Assim como diversas outras ervas e plantas, as propriedades medicinais e os benefícios da hortelã-pimenta demonstram a riqueza e beleza da natureza e a infinita possibilidade que se abre aos nossos olhos quando passamos a utilizar produtos e ingredientes naturais.

Com uma variedade imensa de ações positivas sobre nossa saúde, a hortelã-pimenta pode ser usada para diversas situações adversas de saúde. Suas principais propriedades medicinais são:

  • Coordena a circulação sanguínea
  • Ação antibacteriana e antiviral
  • Auxilia o processo digestivo
  • Propriedade descongestionante e anti-inflamatória
  • Atuação como estimulante, analgésico e tônico
  • Estimulação da produção de bílis
  • Ação anticonvulsiva
  • Redução na produção de gases
  • Propriedades calmantes e refrescantes

Em quais ocasiões usar hortelã-pimenta?

Com todas essas propriedades medicinais, a hortelã-pimenta é uma planta que pode ser utilizado no combate de diversos problemas de saúde. Veja aqui quais as situações mais comuns em que esta erva é indicada.

  • Problemas no estômago ou relacionados ao trato intestinal e sistema digestivo, como gastrite, má digestão, náuseas, vômitos, enjoo, excesso de gases, cólon irritável e prisão de ventre
  • Problemas dermatológicos, como coceiras, irritação na pele, urticária e feridas
  • Dores de cabeça e enxaquecas são advindas de problemas psicológicos ou emocionais
  • Tosse e resfriados comuns
  • Problemas bucais, como dores, inflamações e feridas na parte interna ou externa da boca
  • Dores musculares, nervosas e inflamações, como os advindos da prática de exercícios físicos e reumatismo
  • Inchaços e problemas de circulação sanguínea
  • Problemas de mau hálito, principalmente devido a sua ação antisséptica

Como usar o hortelã-pimenta corretamente?

Hortelã-pimenta em óleo

Hortelã-pimenta em óleo

É possível produzir chás com as folhas frescas, secas ou trituradas da hortelã-pimenta, ou com a aquisição da planta na forma de sachês. Para casos dermatológicos ou quando necessário aplicar a hortelã-pimenta diretamente na pele, o mais indicado é adquirir o extrato seco ou o óleo essencial da planta.

Caso você tenha preferência de consumir a hortelã-pimenta sem a necessidade de preparar o chá, é possível procurar por cápsulas da planta em farmácias de manipulação.

Efeitos colaterais e Contraindicações

Apesar dos inúmeros benefícios da hortelã-pimenta, seu uso excessivo pode causar:

  • Reações alérgicas, como coceiras, ardor ou vermelhidão
  • Irritação no estômago, como dores intestinais, enjoo azia ou má digestão

Por este motivo, é essencial que a erva seja consumida de forma moderada.

A hortelã-pimenta na forma de cápsulas ou óleo essencial devem ser utilizadas apenas sob prescrição médica ou de outro profissional da saúde, como nutricionistas ou fisioterapeutas.

As gestantes devem evitar o consumo de hortelã-pimenta, assim como as lactantes, em especial em suas formas de óleo e cápsulas. Bebês e crianças com 5 anos ou menos também não devem fazer uso da planta, em especial com aplicação direta na pele, como no caso dos óleos essenciais.

O que achou do conteúdo? Que tal deixar um comentário e compartilhar conosco sua opinião?

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email