Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Azeite – Propriedades Medicinais

O azeite é um produto alimentar comumente usado como tempero. O ingrediente é produzido a partir da azeitona, fruto advindo das oliveiras. Com uma história antiga na culinária, o azeite é um ingrediente clássico e amplamente utilizado em todo o mundo, em especial na região mediterrânea.

Além dos benefícios para a saúde, o azeite adiciona à comida um sabor e aroma peculiares.

A região mediterrânea, atualmente, é responsável por 95% da produção mundial de azeite, favorecida pelas suas condições climáticas, propícias ao cultivo das oliveiras, com bastante sol e clima seco.

O azeite também é conhecido por:

  • Azeite de oliva
  • Óleo de oliva
  • Óleo de azeitona

Descubra aqui quais as propriedades medicinais do azeite e quais os principais benefícios deste ingrediente para a sua saúde. Fique atento ainda as contraindicações e efeitos colaterais advindos do seu consumo desmedido. Boa leitura!

Azeite – Propriedades Medicinais

Azeite - Propriedades Medicinais

Azeite – Propriedades Medicinais

O azeite é um ingrediente que possui história na culinária mundial e que possui uma grande quantidade de variedades. Azeite de oliva tradicional, azeite de oliva virgem, azeite de oliva extra virgem, azeite do bagaço da oliva e etc. A verdade é que, independente do tipo de azeite escolhido, os benefícios do consumo desse ingrediente são inúmeros.

Cada vez mais a ciência tem demonstrado os benefícios e as inúmeras aplicações e indicações do azeite para a saúde humana. Hoje, o azeite é considerado um dos itens com maior quantidade de benefícios para a saúde, sendo difícil ouro item competir com ele.

Não é a toa que o azeite faz parte da base nutricional da dieta mediterrânea, uma das mais antigas e mais saudáveis do mundo.

Sendo produzido à base das azeitonas, o azeite possui todos os nutrientes e vitaminas desse fruto. Além disso, o ingrediente é uma gordura monoinsaturada, o que faz com que as refeições ricas em azeite possuam boa quantidade de ácidos graxos, fundamentais para a proteção contra o colesterol ruim.

Com importante ação antioxidante, o consumo regular de azeite protege o organismo contra a ação de radicais livres. Desse modo, a saúde geral dos adeptos do azeite costuma se mostrar melhor que a saúde daqueles que não o consomem, de acordo com alguns especialistas.

Azeite – Benefícios e Indicações

Veja todos os benefícios já comprovados pela ciência do consumo acertado do azeite, seja qual for o seu tipo:

  • Proteção contra doenças cardiovasculares
  • Promoção de uma digestão mais saudável
  • Alivio dos sintomas incômodos da úlcera e gastrite
  • Redução da formação de cálculos biliares
  • Equilíbrio dos ácidos graxos
  • Hidratação e tonificação da pele, assim como do rosto e das mãos, inclusive durante o inverno
  • Utilização do azeite em substituição aos demaquilantes industrializados
  • Substituição dos cremes de barbear pelo azeite
  • Combater cabelos rebeldes e/ou excessivamente encrespados
  • Saúde das unhas, através da aplicação do azeite nas cutículas
  • Tratamento de tosse ou irritações na garganta, através do consumo de uma colher de azeite de oliva
  • Tratamento de lábios rachados no inverno, através da utilização do azeite como bálsamo labial
  • Prevenção de artesiosclerose
  • Aceleração do metabolismo, promovendo bem-estar estomacal e emagrecimento natural
  • Prevenção e tratamento de Diabetes tipo 2

Azeite – Efeitos Colaterais e Contraindicações

Azeite - Efeitos Colaterais e Contraindicações

Azeite – Efeitos Colaterais e Contraindicações

Apesar de raros, o azeite de oliva possui alguns efeitos colaterais que podem prejudicar bastante o seu dia a dia.

O azeite é considerado como o mais saudável óleo para a culinária. Por esse motivo, vale lembrar que aquilo que faz mal para um não significa que não seja uma boa opção para outras pessoas.

De modo geral, os malefícios do azeite estão associados com o seu consumo excessivo, e não são aplicáveis para aqueles que o ingerem em quantidades adequadas.

Veja aqui os principais efeitos colaterais do azeite:

  • Doenças letais: O azeite possui boa quantidade de gordura saturada. Por esse motivo, se utilizado em excesso pode aumentar os riscos de doenças como aterosclerose, obesidade, ataque cardíaco, derrame, câncer de mama e câncer de cólon.
  • Doenças cardiovasculares: Infelizmente, a maior parte dos azeites utilizados no Brasil são muito processados, o que modifica as moléculas celulares das azeitonas e, com isso, pode aumentar a propensão de doenças cardiovasculares.
  • Pressão arterial: Consumo excessivo de azeite pode causar queda na pressão arterial. Por esse motivo, o azeite pode causar tonturas, vertigens, acidentes vascular cerebrais e insuficiência renal.

Para além disso, alguns estudos recentes demonstraram que o consumo do azeite pode estar associado com a queda nos níveis de açúcar do sangue.

Com o nível de açúcar abaixo do normal na corrente sanguínea, o azeite pode estar associado com diversas complicações de saúde. Por exemplo:

  • Hipoglicemia
  • Sudorese
  • Tremores
  • Fraqueza
Esses achados fazem com que os diabéticos precisem tomar cuidado redobrado com o azeite.
De acordo com indicação do Ministério da Saúde, mulheres gestantes e lactantes também devem evitar inclusão de qualquer item em sua dieta sem conversar com um médico antes.
Gostou deste conteúdo? Deixe um comentário e divulgue esta dica entre seus amigos, colegas e familiares.

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email