Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Como Preparar um Enxaguante Bucal Caseiro?

Para fazer uma higienização adequada da boca é importante fazer o uso correto do fio dental, da escova de dente e uso contínuo de enxaguante bucal. Desta forma dentes, gengivas, a língua e a mucosa da boca são prevenidos da proliferação de bactérias e de microorganismos.

Está disponível no mercado, uma infinidade de produtos odontológicos. Entretanto, nem todos são recomendados para serem utilizados por um período prolongado, por isso, a importância de se ficar atento aos rótulos.

Há escovas de diversos tamanhos e modelos, bem como fios dentais de várias marcas e sabores. Além disso, os enxaguantes bucais também são ofertados em larga escala, mas nesse caso, as variação na composição podem oferecer riscos à saúde.

É que o uso indiscriminado de enxaguantes bucais pode ser agressivos para a mucosa, a gengiva e os dentes. Porque muitos desses produtos contêm álcool em sua composição, podendo desencadear o aparecimento de um câncer e outras doenças, por oferecer os mesmos riscos do consumo excessivo de bebidas alcoólicas e tabaco, quando consumido em longo prazo.

Enxaguante Bucal Caseiro

Enxaguante Bucal Caseiro com Cravo da Índia

Para evitar a exposição ao produto, uma alternativa são os enxaguantes caseiros feitos a base de ingredientes naturais. Os ingredientes inclusos na composição são capazes de manter o hálito fresco, além de combater a ação de bactérias e microorganismos. Confira a receita:

Enxaguante Bucal Caseiro

Ingredientes:

  • 200 ml de água filtrada
  • 1 colher (de sopa) de cravos da índia
  • 7 gotas de extrato de própolis
  • 5 gotas de óleo essencial de hortelã
  • 5 gotas de óleo essencial de malaleuca (também conhecida como tea tree)

Obs: Os óleos essenciais podem ser encontrados em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação ou casas especializadas em aromaterapia. Normalmente esses produtos também estão disponíveis em mercados e feiras de artigos naturais. É importante não confundir o óleo essencial com a essência, porque esses produtos não contêm as mesmas propriedades ativas.

Modo de Preparo: Em uma panela leve a água e os cravos ao fogo. Quando começar a ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhando por cerca de 5 minutos. Só depois desligue a chama, tampe o recipiente e deixe o chá esfriar naturalmente.

Depois que o chá estiver bem frio, coe e acrescente os demais ingredientes. Agite bem e guarde em uma garrafinha limpa e com tampa. O produto pode ser armazenado por até 15 dias.

Posologia: O uso do enxaguante bucal natural é o mesmo dos enxaguantes bucais comuns. Coloque um copinho próximo da pia do banheiro e, após a escovação, encha a boca com um pouco da mistura. Faça bochechos constantes por pelo menos 30 segundos e cuspa o enxaguante. Após o procedimento, não enxágue com água para não remover o que ficou dos ingredientes de limpeza.

O alerta é o mesmo para o enxaguante bucal convencional. A ação bactericida na boca pode matar as mucosas bucais, inclusive aquelas necessárias para a boa saúde. Não exagere no produto e, em caso de irritação, interrompa o uso imediatamente.

Propriedades Medicinais dos Ingredientes

Os ingredientes utilizados nessa receita possuem inúmeras propriedades medicinais benéficas para o organismo humano. A começar pelo cravo da índia que é um analgésico, antisséptico e atua na defesa do sistema imunológico, prevenindo doenças. Para se ter uma ideia, o simples fato de chupar o cravo, estimula a salivação e faz com que as enzimas digestivas atuem no estômago prevenindo a aparência de gastrites, por exemplo.

O própolis por sua vez, contém substâncias que fortalecem o sistema imunológico, promovendo a ativação das células de defesa do corpo,favorecendo o reconhecimento e a destruição de micróbios. Além disso, devido às suas propriedades antissépticas, ele contribui para preservar a integridade do esmalte dentário evitando a aparência de cáries e doenças periodontais.

Ao utilizar um enxaguante, muita gente espera pela sensação de refrescância e pela melhora no hálito promovida por pelo produto. Ambas as funções são proporcionadas pelas propriedades da hortelã, que também tem efeito antisséptico, capaz de dificultar o crescimento de bactérias no trato digestivo.

óleo essencial de malaleuca é rico em propriedades cicatrizantes, tratando cortes, queimaduras e feridas como as afitas que aparecem na boca. Ele também é conhecido conhecido por ser antibacteriano, antifúngico, antiviral, anti-inflamatório e analgésico. Há inclusive, estudos que já apresentam resultados positivos para a utilização do óleo no tratamento de doenças sexualmente transmissíveis como a herpes e o HIV.

 

Receitas e Naturais em seu email