Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

O que é Infecção Urinária? Como Prevenir e Tratar?

As infecções urinárias são muito comuns, principalmente quando as defesas imunológicas do indivíduo estão baixas. Ela se caracteriza por ardência ao urinar, desconforto, possíveis dores nos rins e incontinência urinária. Apesar de todos estarmos sujeitos a contrair infecção urinária, existem alguns fatores de risco que agravam a situação, como vida sexual ativa.

A infecção, também conhecida como infecção do trato urinário (ITU) é um problema causado pela presença de microrganismos – vírus, fungos e, principalmente, bactérias – em algum dos órgãos do sistema urinário. O tipo de infecção mais comum é a cistite, que atinge a bexiga. Outro tipo, um pouco mais grave, é a pielonefrite, que acomete os rins. Elas são tratadas com antibióticos, mas existem métodos naturais que, combinados com os remédios, podem auxiliar no tratamento.

A Infecção Urinária

Como mencionado, a infecção urinária é uma doença que acomete o trato urinário, ocasionando infecções que ocasionam diversos sintomas. Podemos dividir as infecções de acordo com os locais em que elas acontecem. Os tipos mais comuns são cistite, uretrite, pielonefrite e infecção nos ureteres.

Os sintomas mais comuns da infecção urinária são dor ou ardência ao urinar, urina escura, sangramento leve, aumento da vontade de ir ao banheiro, coceira, dor nas costas (infecção renal), febre, dor no baixo ventre e incontinência urinária.

A infecção urinária é mais recorrente em pessoas do sexo feminino. Estima-se que 1 em cada 4 mulheres terá algum tipo de ITU ao longo da vida. Isso acontece devido a anatomia feminina. Como a uretra do homem é mais longa, as bactérias e demais microrganismo têm certa dificuldade em atingir os rins. Nas mulheres a uretra e curta, o que facilita o processo infeccioso.

Nas mulheres grávidas, as infecções urinárias se tornam mais comuns, principalmente devido às alterações no trato urinário neste período. Apesar da cistite ser o tipo mais decorrente em mulheres, na gravidez a pielonefrite também se torna comum.

A cistite é uma infecção bacteriana que acomete a bexiga ou o trato inferior. Ela é, comumente, causada pela bactéria Escherichia coli, proveniente do nosso trato gastrointestinal. Porém, ela também pode ser causada por falta de urinar após a relação sexual, o que deixa resquícios de bactérias na região.

Já a pielonefrite é uma infecção renal que começa na uretra, ou bexiga, e pode atingir os dois rins. Esta infecção é mais grave, pois se ela não for tratada corretamente, pode prejudicar permanentemente o funcionamento dos rins ou chegar ao sangue.

A uretrite é a infecção que afeta a uretra, o canal pelo qual a urina passa para sair do corpo. Como a cistite, a uretrite é decorrente de bactérias que vieram no ânus. Porém, também pode ocorrer devido à infecções como herpes, gonorreia, dentre outras DSTs que atacam a área genital.

Tratamento

O tratamento das infecções urinárias deve ser sugerido por um médico. De um modo geral, os especialistas receitam o uso de um antibiótico, conforme o tipo de bactéria encontrada no trato urinário. Alguns remédios naturais também podem ser utilizados como tratamento auxiliar.

O importante é que os remédios naturais sejam estimulantes para urinar, de modo que os rins, bexiga e outras partes do trato urinário sejam limpas. Você pode conferir o Chá para cistite, Remédio para infecção urinária, Chá para infecção urinária, Remédio para cistite.

É recomendado ingerir muita água também. O importante é, na hora de escolher os chás para acompanharem seu tratamento, optar por aqueles que sejam anti-inflamatórios e também aliviantes. Os chás de folha de abacateiro, salsinha, salsa com barba-milho, dente-de-leão, dentre outros, são ideais para estas situações.

Como Prevenir

É melhor prevenir do que remediar! Algumas dicas simples (sobretudo para as mulheres) ajudam a evitar o aparecimento das infecções urinárias.

Mantenha sempre uma boa higiene da região íntima, use o papel higiênico da frente para trás e troque o absorvente várias vezes durante o período menstrual. Sempre lave a mão após usar o banheiro e ingira pelo 2 litros de água ao longo do dia.

É muito importante que as mulheres, afim de prevenirem a cistite, sempre urinem após a relação sexual para limpar o trato urinário e eliminar possíveis bactérias que foram movidas até ali.

Uma situação muito decorrente é as pessoas segurarem a urina por muito tempo, seja por pressa ou até mesmo preguiça de ir ao banheiro. Isso não é recomendado pois aumenta a possibilidade de infecções, uma vez que podem haver bactérias ali que ficam retidas.

Receitas e benefícios relacionados

Receitas e Naturais em seu email