Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Inseticida Natural de Cravo-da-Índia Contra Dengue

Um grupo de pesquisadores do Inpa (Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia) desenvolveu um inseticida caseiro capaz de acabar com as larvas do Aedes Egypti. O ingrediente principal da receita é uma especiaria que todo mundo tem em casa, o cravo-da-índia. Ele contém uma substância chamada eugenol, que  já era conhecida como um anti-pragas natural. Com a pesquisa, ficou comprovado que esta substância também mata as larvas da dengue em até 24 horas.

A receita, que ensinaremos a seguir, pode ser aplicada em vasinhos de planta, reservatórios e outros locais que possam acumular água. O efeito do inseticida dura por mais ou menos 14 dias, e depois deste período é necessário aplicar novamente. Veja os ingredientes e siga o passo a passo.

Receita

Igredientes:

  • 60 cravos da índia
  • 1 xícara (chá) de água

Modo de Preparo: Bata os cravos e a água no liquidificador até ficar bem triturado. Não é preciso coar a mistura. O inseticida pode ser mantido na geladeira por até 1 ano sem perder suas propriedades.

O inseticida deve ser usado diretamente nos criatórios das larvas. Para pratinho de planta pequenos, use 3 gotas da mistura de cravo da índia. Se o recipiente for maior, aplique mais gotas do inseticida caseiro.

Saiba como utilizar o cravo-da-índia como inseticida.

O cravo-da-índia possui o eugenol, um poderoso antisséptico que pode eliminar os ovos do Aedes.

Benefícios e outros métodos

A dengue é uma doença bastante perigosa. Os principais sintomas são febre alta, dor no corpo e manchas vermelhas. Esta doença é transmitida por meio da picada do mosquito fêmea do Aedes aegypti, que se reproduz e deposita seus ovos em locais que contém água acumulada.

Em algumas pessoas, a dengue é assintomática, e em outras, se manifesta agressivamente. Ademais, o nível de agravamento se diferencia de acordo com o sorotipo da doença que é transmitida. São quatro sorotipos, o 1, 2, 3 e o 4. Ainda, além dos sorotipos, a dengue pode ser identificada de acordo com as suas manifestações, que são a clássica, hemorrágica e sem complicações.

Inicialmente e nos casos mais comuns, a dengue causa febre alta no corpo, de 39ºC a 40ºC. Depois, pode ocorrer dor de cabeça, coceira, dores musculares e atrás dos olhos, dentre outros sintomas. Esta é a dengue clássica, cujos os sintomas começam a ir embora de 3 a 7 dias.

Porém, caso ainda haja alteração na coagulação sanguínea, caracterizando a dengue hemorrágica, este período de recuperação irá aumentar, pois no terceiro dia começará a ocorrer sangramentos nasais, na gengiva, etc. Ainda, os vasos superficiais irão estourar na pele, o que se manifestará na forma de hemorragias.

Além disso, ainda há o última forma da doença, a mais grave e que pode causar o falecimento do paciente. A dengue grave ocasiona delírio, sonolência, psicose, demência, alterações cardiorrespiratórias, insuficiência hepática, hemorragia digestiva e derrame pleural. Esta forma da doença é de rápida atuação, e pode levar ao óbito de 12 a 24 horas.

Como a dengue é transmitida pelo mosquito do Aedes aegypti, o método mais efetivo de realizar a sua prevenção é eliminando a possibilidade de reprodução e também de desenvolvimento dos ovos do mosquito. Por isso, é preciso evitar que haja o acúmulo de água em locais como vasos de flores, tampas, caixas d’água, etc.

Ainda, mais do que estar atento aos locais de reprodução do Aedes, é necessário também utilizar inseticidas ou outros remédios para eliminar os ovos do mosquito. Porém, muitas pessoas se sentem desconfortáveis ou até mesmo possuem alergia aos inseticidas. Por isso, pode-se optar pelos produtos naturais, como o que mostramos acima.

O cravo-da-índia é uma planta nativa da Indonésia, mais especificamente das Ilhas Molucas. Esta é uma planta muito comum em todo território brasileiro, trazida como uma especiaria. Além de ajudar a emagrecer, melhorar a digestão, combater doenças, dentre outros usos, o cravo também repele os insetos, devido ao seu cheiro característico.

O óleo do cravo-da-índia possui diversas substâncias, como  cariofileno, metil amil acetona, dentre outras. Também, o cravo possui o eugenol, um antisséptico poderoso. Por isso, os ovos do Aedes são eliminados quando a mistura com a planta é pulverizada nos locais que os possuem.

Outro método de usar o cravo-da-índia, mas para repelir os mosquitos, é esmagando-os e colocando-os em um recipiente no local que precisa. Também, pode-se espetar os cravos em uma laranja ou limão e deixa-lo no local que possui muitos mosquitos.

 

Receitas e Naturais em seu email