Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Granola – Conheça os Benefícios e como Escolher a ideal

A granola é um alimento que pode ser composto por cereais, grãos e sementes, e que é muito rico em nutrientes e excelente para saúde. Os componentes da granola variam de acordo com o fabricante e a preferência de quem consome, mas normalmente possui cereais, frutas e oleaginosas entre seus ingredientes. Por isso, a granola é rica em vitaminas A, B e C, proteínas, minerais, ácidos graxos e fibras.

Devido às fibras solúveis e insolúveis, o consumo regular de granola auxilia no bom funcionamento do intestino, na ação da flora bacteriana e na redução do apetite. Além disso, o selênio e o zinco tem ação antioxidante e retardam o envelhecimento de nossas células, ao passo que os ácidos graxos insaturados melhoram o sistema circulatório como um todo. Confira mais sobre a granola abaixo, e como podemos escolher a que melhor supre nossas necessidades.

Benefícios da Granola

Como mencionado, a granola não possui componentes específicos, ela é produzida de acordo com a disponibilidade de grãos, frutas, sementes e oleaginosas na região de sua fabricação. Por exemplo, a granola fabricada no Pará é diferente da advinda de Minas Gerais. Também, as granolas podem variar de acordo como seu público alvo. Existem granolas funcionais, para atletas, e também as que são para crianças ou apenas para o dia-a-dia.

Porém, mesmo variando bastante os ingredientes, as granolas comumente possuem cereais de baixo índice glicêmico, que são carboidratos bons. Também, possuem grande índice de fibras, promovendo sensação de liberdade e beneficiando no funcionamento do intestino. Os ácidos graxos são outros componentes, como o Ômega 6 e Ômega 9.

A granola é um alimento nutritivo e funcional.

A granola é um alimento funcional, que pode ser consumido com creme e iogurte.

As granolas brasileiras têm muitas frutas secas, pois estas são de grande disponibilidade em nosso país. Também, aveia, castanhas e nozes. Abaixo iremos falar um pouco mais sobre estes componentes, e quais os benefícios que cada um pode trazer.

Aveia

A aveia é um cereal muito nutritivo, sendo rico em fibras, proteínas, ferro, cálcio carboidratos e vitaminas. Diferentes estudos comprovam que a ingestão da aveia auxilia na redução dos níveis de colesterol e pressão sanguínea. Outro benefício da aveia é a perda de peso, associada principalmente às fibras solúveis, que aumentam a sensação de saciedade.

Este alimento pode ser encontrado em forma de flocos e farinha e é considerado funcional. O grande índice de fibras contido na aveia beneficia o funcionamento do intestino de forma correta, regulando-o. A aveia pode ser encontrada tanto a granel quanto em supermercados, em embalagens fechadas.

Castanhas e nozes

As castanhas, nozes e outras oleaginosas possuem em sua composição gorduras essenciais para a nossa saúde. Por isso, ajudam na redução dos níveis de colesterol no sangue, melhoram a circulação sanguínea e combatem as doenças cardíacas. Além disso, possuem também substâncias que funcionam como antioxidantes naturais, aumentando as defesas do organismo.

Elas possuem ácidos graxos mono e poli-insaturados, como o Ômega 6. Estas gorduras insaturadas ajudam na manutenção da saúde do coração, fortalecendo as paredes do vasos sanguíneos.

Frutas secas

As frutas secas possuem alto valor nutritivo. A ameixa seca é fonte importante de vitaminas, fibras e minerais, bem como a bananas passas e os damasco seco. Por esse motivo, além de contribuírem para uma dieta saudável, esses alimentos reduzem os riscos de doenças, tais como anemia, hipertensão e infecções.

A composição de frutas secas depende da disponibilidade do local. A fruta seca mais comum de ser encontrada é a uva preta, e por isso e comum que ela esteja presente.

Como escolher a sua?

Por todos esses benefícios, o consumo de granola é recomendado por especialistas em nutrição. No entanto, é preciso destacar que comer granola não é o suficiente para obter ganhos visíveis à saúde. É necessário que o consumo do cereal seja acompanhado de uma dieta equilibrada para que se possa usufruir desses benefícios. Também cumpre ressaltar que a granola é um alimento calórico e normalmente leva açúcar. Por isso, deve ser evitado por diabéticos e pessoas que desejam emagrecer.

Caso esteja a procura de emagrecimento, utilize a granola sem açúcar, e a consuma junto com iogurte natural e de baixo teor calórico. Você também pode produzir a sua própria granola. Alguns ingredientes recomendados são a aveia, macadâmia, lascas de coco, chia, linhaça, uva passa, mel e óleo de coco. Este alimento pode ser até mesmo termogênico, consumindo-o de manhã ou antes do treino.

Receitas e Naturais em seu email