Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Receitas Naturais para Cuidar do Seu Fígado

O fígado é responsável por gerar, armazenar energia, metabolizar proteínas e desintoxicar o corpo. Além de transformar as gorduras e açucares em energia, ele tem a importante função de limpar as toxinas e dissolve-las para que rins e vesícula possam elimina-las. Comumente, o fígado pode se revelar problemático de duas formas, uma mais suave com leves desconfortos e gases estomacais e outra mais forte, normalmente acompanhadas pelo nome de ressaca, de fortes dores e vômitos.

O ideal, para evitar tais situações, é fazer jejum e tomar bastante água. Também, como possivelmente seu fígado e vesícula estão inflamados, é preciso evitar que façam esforços. Neste momento, deve-se evitar qualquer bebida ou alimento doces, pesado, e nem pensar em consumir gorduras ou álcool. Felizmente, alguns chás podem ajudar a desinflamar e proteger o bom funcionamento do fígado e da vesícula biliar. Confira-os abaixo e conheça receitas naturais para ajudar a cuidar do seu fígado.

Receitas para o Fígado

Chá de dente de leão

Este chá apesar de amargo é alcalinizante, o que é ótimo para eliminar ácidos que ajudam a inflamar nossos órgãos. Com propriedades hepatoprotetoras e depurativas é capaz limpar as toxinas do sangue e proteger o fígado de futuras infecção alimentares. Ainda funciona como anti-inflamatório, não permite a instalação de pedras na vesícula, é diurética e digestiva.

Como preparar: Separe 1 colher de chá de folhas e talos para 1 xícara de água, deixe ferver por 5 minutos. Apague o fogo e tape o recipiente por mais 10 minutos. Coa e beba 3 vezes ao dia, durante uma semana a cada mês.

Chá de dente de leão

O chá de dente de leão é benéfico para o figado.

Sumo de boldo

O boldo é conhecido por curar ressacas, usada desde a antiguidade para problemas hepáticos e desconfortos biliares por suas propriedades hepatoprotetora e hepatotômica. Existem várias espécies de boldo e podem ser tóxicas se ingeridas em grandes quantidades, a mais usada é a boldo de jardim (Plectranthus barbatus) que é contra indicada para pessoas com pressão baixa.

Como preparar: Amasse 2 folhas frescas em um copo  e complete com água fria. Aguarde 5 horas e coe. Beba 2 a 3 vezes ao dias, durante uma semana.

Suco de maçã e limão

A maçã e o limão são frutas depurativas e antioxidantes auxiliando na limpeza do organismo. Além disso, o limão ajuda a dissolver as gorduras processadas pelo fígado.

Como preparar: Utilize 2 maçãs, um suco de limão, 1 talo de salsão, 1 fatia de gengibre. Bata tudo no liquidificador acrescente uma pitada de canela e gelo. Beba sem coar. Se for beber limão todos os dias, tenha cuidado com a oxidação dos dentes, pois é um ácido muito forte.

Rúcula e chicória na sua salada todos os dias

Como você já percebeu o fígado gosta de alimentos amargos, então use e abuse de folhas como a rúcula, a chicória, o agrião, alface. Essas folhas verdes e amargas são ricas em vitaminas A, C e K, minerais como cálcio, potássio e magnésio. E ainda contém na sua composição folato e fibras.

Outras dicas

Apesar de exercícios físicos serem essenciais em qualquer tipo de tratamento, a dica aqui é um pouco diferente. Procure exercícios que gastam sua energia e sua raiva, pode ser algo com força, artes marciais, pedaladas difíceis, até mesmo danças, algo em que você possa se expressar.

Na medicina oriental, o fígado está vinculado a magoas e a raiva. Estas duas emoções são impermanentes, mas podem deixar alguns resquícios se não forem resolvidas. Como são duas sensações tóxicas o corpo pode ficar lutando para purifica-las, mas sozinho ele não conseguirá. É importante trabalhar as emoções, saber de onde surgem e como podemos transforma-las em algo positivo, lembrando que ignora-las e reprimi-las só atrapalharão seu bem estar.

Emocionalmente o fígado também trabalha com a purificação e energia, saber o que devemos ou não levar conosco e saber desintoxicar-nos de sentimentos e coisas inúteis nos ajudam a ter um fígado mais saudável. Essa falta de percepção muitas vezes nos leva a cometer excessos, nos passando uma mania de grandeza, essa mania de querer tudo em grandes quantidades, sem ter cuidado com a palavra chave do equilíbrio, a moderação.

Receitas e Naturais em seu email