Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Como Aliviar Sintomas da Menopausa com Receitas Naturais?

A reposição hormonal é um grande tema para as mulheres que estão entrando na menopausa. Alguns médico afirmam a necessidade, mas normalmente não falam sobre os riscos de ataques cardíacos, derrames cerebrais, embolias pulmonares e câncer de mama.

A reposição hormonal se trata de proteger contra a o risco de fraturas ósseas e o de câncer de cólon, entre outras coisas como a manutenção do bom funcionamento hormonal, permitindo uma vida sexual ativa, impedir ondas de calor, suor noturno e distúrbio do sono, sintomas típicos da menopausa. Felizmente, existem métodos que ajudam o seu corpo a receber a menopausa de forma natural, não necessitando da reposição hormonal. Abaixo, saiba mais sobre esta questão.

Tratando a menopausa

Reguladores de hormônios

A artemísia, também conhecida como losna, é considera a planta da energia feminina, ela é reguladora da menstruação, além de ser rica em magnésio e cálcio, dois minerais importante para a mulher. Beba a infusão de 1 colher de chá de folhas seca em 1 xícara de água quente. Cubra com água e deixe repousar por 5 minutos, com o recipiente tapado. Tomar 2 a 3 xícaras ao dia, durante uma semana a cada mês. Não ultrapasse a dose máxima diária de 200 ml de chá, pois pode ser tóxica.

A folha de framboesa vermelha também é muito recomendada para a menopausa e para depressões do ciclo menstrual. Contém quercetina, um pigmento vegetal antidepressivo, agindo diretamente nos neurotransmissores serotonina e noradrenalina.

Conheça a artemísia

A artemísia é uma planta que pode agir como reguladora de hormônios.

Para usar a folha de framboesa, separe 60 gramas da folha fresca para 100 ml de álcool cereal. Em um vidro esterilizado coloque os ingredientes, tape e guarde em um lugar fresco e escuro, durante 45 dias. A folha de figo, sálvia, calêndula, melissa e erva de são joão também podem contribuir para a regulação hormonal.

Suores noturnos e fogachos

A sálvia, utilizada também para regular hormônios femininos e a menstruação, é uma das plantas medicinais que beneficiam a menopausa, por conta de seu alto teor em fitoestrógenos, também tem a vantagem de agir diretamente sobre as glândulas sudoríparas.

O trevo vermelho também possui grandes quantidades de fitoestrogênios, estudos têm demonstrado que pode auxiliar a reduzir a intensidade e frequência dos calores excessivos da menopausa.

Remineralização e vitaminizantes

A maca peruana é um energético muito potente, contém proteínas, aminoácidos essenciais, carboidratos, fibras, vitaminas complexo B, minerais como o ferro, cálcio, fósforo, potássio, sódio, zinco. Ela também é um regulador hormonal, contribuindo para pituitária e hipotálamo. Melhora alguns casos de infertilidade e problemas de libido em homens e mulheres e alivia problemas da menopausa. Consumida em formato de pó, como uma farinha, ela é muito energética e por isso uma colher de sopa é o suficiente por dia. Pode ser consumida misturada com suco, café da manhã, frutas, mingau.

Para o uso de regulação endócrina, recomenda-se consultar um especialista e verificar os efeitos colaterais por ingestão prolongada. O levedo de cerveja é rico em zinco, um regulador hormonal, favorecendo a síntese de vários hormônios: tireoides, progesterona e testosterona.

Além disso, é um excelente suplemento natural, por ser rico em proteínas e aminoácidos essenciais, alto conteúdo de ferro, vitaminas do complexo B, cromo, ácido fólico e muitos outros minerais. Seus completos valores nutricionais tornam o levedo de cerveja um bom tonificante. O levedo pode ser consumido em pó, com comida ou líquidos, e possui um sabor levemente amargo. Quando ingerido juntamente com outros alimentos, melhorará a assimilação dos nutrientes.

Prevenindo a osteoporose e fraturas ósseas

A urtiga contém alto conteúdo de cálcio, potássio, entre outros sais minerais, também possui a Vitamina K, uma importante aliada na prevenção da osteoporose, unhas quebradiças, desgaste da cartilagem, principalmente para mulheres em menopausa. A medicina já foi aprovada por muitas mulheres que a utilizam durante anos.

Utilize de 2 a 3 colheres de sopa de urtiga seca para 4 xícaras de água fervente. Deixe em infusão por até 10 minutos, com o recipiente tapado. Coe e beba 3 vezes ao dia, durante uma semana a cada mês.

A menopausa é algo maravilhosa, significa que parte do ciclo já foi cumprida e ela deve ser recebida com amor e não com medos. Cuide-se, tenha uma vida saudável, faça exercícios físicos e relaxe. Verifique as contra indicações dos produtos que você utiliza, prefira alimentos orgânicos e de produção local e sempre preze pelo equilíbrio, evitando excessos.

Receitas e Naturais em seu email