Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Quais chás tomar para Infecção Urinária?

A infecção urinária decorre de infecções na área do sistema urinário, em quaisquer regiões deste. Os rins, bexiga, ureteres e uretra são locais passivos de infecção. Os sintomas são múltiplos, porém, o mais comum é ardência ao urinar.

A maioria dos pacientes que apresentam os sintomas característicos da infecção urinária são do sexo feminino e isso se deve principalmente à anatomia física do corpo da mulher. Ao compararmos a estrutura do sistema urinário masculino e feminino não é difícil notar que a uretra feminina é consideravelmente menor, o que deixa os órgãos internos muito mais expostos à vírus, bactérias, impurezas e outros agentes externos.

Este quadro infeccioso pode ser ocasionado por situações rotineiras, como, por exemplo, o ato de segurar xixi por muito tempo, criando um ambiente favorável à existência de bactérias, e prisão de ventre. Ademais, doenças que diminuem a imunidade também tornam o organismo favorável às infecções urinárias. Mulheres que não urinam após o sexo, ou o uso de camisinhas com certos também favorecem as infecções.

É comum que muitas pessoas, ao se depararem com este quadro infeccioso, busquem medicinas alternativas. Os chás são opções muito comuns e eficazes, pois combatem a infecção, limpas os rins e bexiga e aumentam a imunidade. Abaixo, vamos conhecer alguns destas infusões e como prepara-las.

Quais chás irão potencializar o tratamento?

chas

Alguns chás podem auxiliar em tratamentos de infecção urinária

Chá de Salsinha: O chá de salsinha é diurético, limpando o sistema urinário. Além disso, é anti-inflamatório, alivia dores da cólica e aumenta a imunidade. Para fazer este chá, precisará de 2,5g de salsinha e 2,5l de água.

Em uma panela, coloque a água e leve ao fogo até que atinja o ponto de fervura. Em seguida, adicione a salsinha, misture, deixe ferver por mais alguns minutos e desligue o fogo. Mantenha a panela fechada por cerca de 10 min para que a infusão seja feita por completo.

Após os 10 min coe o líquido e reserve, o consumo deve ser feito de 3 em 3 horas e pode substituir a água que seria consumida no dia.  É importante que o chá não seja adoçado e seja consumido durante todo o dia.

Chá de Salsa com Quebra-pedras: A erva “quebra-pedras” é uma combinação interessante para a salsinha, pois amplifica todas as suas qualidades. Tal erva também tem ação diurética, e sua ação analgésica é extremamente eficaz contra as dores ocasionadas pela infecção urinária. Os ingredientes são 2 colheres (sopa) de salsa picada, 1 colher (sopa) de quebra-pedra e 1 litro de água.

Em uma panela, coloque a água e leve ao fogo. Ao atingir o ponto de fervura adicione os demais ingredientes. Desligue o fogo, tampe a panela e deixe esfriar. Coe e sirva morno ou frio. O consumo assim como no caso anterior deve ser feito durante todo o dia.

Chá de Carqueja: A carqueja têm ações perceptíveis no que tange à desintoxicação. Por isso, é uma erva que pode ser muito bem utilizada para a confecção de chás para o tratamento de infecções urinárias, aumentando a circulação e proporcionando efeitos diuréticos. Para fazê-lo, precisará de 20g de folhas de carqueja e 1l de água.

Coloque a água para fever, e, assim que entrar em ebulição, desligue. Coloque as folhas e tampe o recipiente, deixando o líquido esfriar. Coe e tome de três a quatro vezes por dia.

Chá de aroeira: A aroeira é uma planta medicinal utilizada normalmente para o tratamento de doenças sexualmente transmissíveis, pois tem propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias. Assim, também pode ser usada para fazer chás que encaixam no tratamento de quaisquer infecções que acometem partes íntimas. Você irá precisar de 4 pedaços de casca da aroeira, 1l de água e mel (opcional).

Nesse caso, a casca terá que ferver juntamente com a água. Após a ebulição, deixe descansar por 15 minutos. Este chá deve ser armazenado na geladeira, e adoçado quando preferir.

Chá de abacateiro: O abacateiro, apesar de pouco conhecido para tais causas, pode ser utilizado para o mesmo propósito dos outros chás mostrados. A parte utilizada da planta será as folhas, que tem propriedades estimulantes para o uso do trato urinário. A proporção do chá é de 10 folhas de abacateiro para 1l de água. O mel é opcional, pois costuma ser amargo este tipo de chá.

Coloque as folhas para ferver por 3 minutos. Após, desligue e deixe o preparo descansar por cerca de 10 minutos. Após este tempo, o chá pode ser tomado, numa frequência de três vezes ao dia.

Contudo, é importante ressaltar que todos os chás citados acima devem ser utilizados como uma potencialização do tratamento médico. As infecções, quando instauradas, são muito difíceis de serem curadas apenas com os chás e os antibióticos e anti-inflamatórios receitados pelos médicos irão resolver a situação rapidamente, evitando que o quadro infeccioso piore.

Receitas e Naturais em seu email