Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Ginkgo Biloba – Propriedades Medicinais

A Ginkgo biloba é uma árvore de origem chinesa considerada um fóssil vivo. Isso porque a planta existe desde a época dos dinossauros, há mais de 150 milhões de anos, de acordo com diversos estudiosos sobre o tema. Popular em diversos lugares do mundo, principalmente na Europa e Ásia, a Ginkgo biloba possui uma diversidade de nomes alternativos.

Veja as principais nomenclaturas populares dessa planta: Ginkgoácea, Nogueira-do-Japão, Ginkyio, Icho, Ginnan, Ginco e Ginko. Conheça mais sobre a Ginkgo biloba e suas propriedades medicinais. Boa leitura!

Ginkgo biloba – A árvore da paz e da longevidade

Desde a década de 1940, a árvore de Ginkgo biloba ficou mundialmente conhecida como um símbolo de paz e longevidade. Essa fama é resultado da planta ter sobrevivido com poucas sequelas às explosões atômicas ocorridas no Japão durante a segunda guerra mundial.

Apesar de Ginkgo biloba ser uma planta clínica e biologicamente conhecida há mais de 250 anos antes da segunda guerra mundial, foi apenas após 1945 que a mesma tornou-se interessante para os pesquisadores da época. Seu interesse científico está associado ao seu poder de sobrevivência à radiação contra Hiroshima, uma vez que, pouquíssimo tempo depois das explosões, a planta estava novamente brotando do solo destruído.

A Ginkgo biloba é uma árvore que atinge até 50 metros de altura em algumas regiões da China, apesar do mais normal é ela parar seu crescimento entre os 20 e 35 metros. Essa planta gigante foi considerada, por algumas décadas, extinta. Entretanto, um grupo de pesquisadores encontro alguns exemplares da árvore na província de Zhejiang. Após isso, a expansão das mudas fez com que, atualmente, a Ginkgo biloba seja encontrada em praticamente todos os continentes do planeta.

Ginko Biloba

Ginkgo Biloba

Propriedades medicinais da Ginkgo biloba

Após o “bum” de sua popularidade, após a segunda guerra mundial, dezenas de estudos com a Ginkgo biloba foram realizados em todo o planeta. O principal objetivo dessas pesquisas era compreender mais sobre a composição da planta e entender quais aspectos da mesma a faziam tão singular, em especial quando comparada ao restante da flora encontrada nas mesmas regiões.

Depois de décadas de estudos, análises e exames realizados, hoje sabemos que a Ginkgo biloba está entre as árvores com maior quantidade de benefícios para a saúde humana, devido à sua imensa lista de propriedades medicinais. Veja aqui as principais propriedades da Ginkgo biloba:

  • Adstringente
  • Anti-helmíntica
  • Antiblenorrágica
  • Anti-inflamatória
  • Antioxidante
  • Antiplaquetária
  • Bactericida
  • Fungicida
  • Estimulante
  • Revigorante
  • Tônico cardíaco

Com todas essas propriedades interessantes para a medicina e saúde humana, alguns estudiosos acreditam que a Ginkgo biloba é uma das plantas com maior quantidade de benefícios para o ser humano.

Toda a pesquisa e interesse científico em torno da planta gerou uma alta procura pela mesma entre a população, em especial para resolver alguns problemas de saúde. Assim como normalmente ocorre, essa busca da população fez com que as indústrias farmacêuticas e de “produtos naturais” passasse a desenvolver cápsulas e suplementos com base na Ginkgo biloba, visando o lucro através da procura pela planta.

A seguir, você descobrirá os benefícios mais importantes da Ginkgo biloba. Vale lembrar que esses produtos são referentes ao uso da planta real, e não de produtos formulados a partir da sua essência.

Benefícios da Ginkgo biloba

Ginko Biloba

Ginkgo Biloba

As folhas da Ginkgo biloba são ricas em diversos princípios ativos, o que faz com que os benefícios para a saúde humana sejam diversos. Usada para os mais variados fins, veja a lista completa de benefícios que essa planta pode fornecer aos seus adeptos:

Circulação sanguínea: melhora na circulação do sangue em todo o corpo e aumento do fornecimento de sangue para os tecidos cerebrais

Circulação periférica: melhora significativa na circulação de sangue as extremidades do corpo, em especial aos membros inferiores, o que garante redução de inchaços advindos da má circulação sanguínea

Permeabilidade capilar: melhora as habilidades do tônus venoso, o que garante que a permeabilidade capilar será reduzida. Isso significa que o corpo conseguirá se defender da entrada de substâncias externas com maior facilidade

Ação rejuvenescedora: a ação antioxidante da Ginkgo biloba faz com que seus adeptos percebam diferença significa nos processos de envelhecimento naturais. Mais que apenas diferenças na pele e no corpo, alguns dos fãs dessa planta mencionam que sentem-se psiquicamente mais ativos e mais jovens

Habilidades cognitivas: a planta possui diversas propriedades altamente interessantes para a manutenção cognitiva do cérebro humano. Diversos pesquisadores acreditam que o uso das folhas de Ginkgo biloba auxiliam em problemas de memória de curto prazo e em tonturas

Calvície e perda de pelos: Essa árvore milenar é amplamente utilizada em algumas culturas para controle de problemas com a calvície (perda de cabelos) e com alopecia (perda de pelos em diversas regiões do corpo). Apesar de não possuir estudos científicos comprovando sua eficácia para esses casos, alguns adeptos da planta garantem sua potência nesses assuntos

Doenças brônquicas, dores de cabeça e enxaquecas: Assim como no caso anterior, não há fundamentação científica para sua associação com problemas como as dores de cabeça, enxaquecas e doenças brônquicas. Ainda assim, há grandes parcelas da população que afirmam os interessantes poderes dessa planta para esses casos, considerados como “problemas do cotidiano”

Disfunção erétil: homens que sofrem com disfunção erétil por problemas associados à circulação sanguínea podem se beneficiar com a Ginkgo biloba, uma vez que essa planta regula toda a circulação do corpo

Popularidade da Ginkgo biloba na Europa

Algumas pesquisas recentes vêm demonstrando que os suplementos de Ginkgo biloba estão entre os mais utilizados pela população europeia, em especial pelos seus poderes associados aos problemas de circulação sanguínea e ação rejuvenescedora.

Ao que tudo indicada, além dos suplementos advindos da Ginkgo biloba, a população da Europa também é fã de:

  • Aloe vera
  • Ginseng
  • Valeriana
  • Erva doce

Gostou do conteúdo? Que tal deixar um comentário e compartilhar conosco sua opinião?

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email