Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Chá de Manjerona para Reumatismo

Muitas pessoas são afetadas pelo reumatismo, um termo para designar todas as doenças reumáticas, que afetam as articulações. O reumatismo começa a manifestar com a idade mais avançada, quando os pacientes começam a se queixar de dores nas juntas, joelhos, punhos, etc.

O reumatismo possui diversas formas de tratamento, algumas de envolvem remédios anti-inflamatórios. Porém, também pode ser tratado com massagens e até mesmo chás para diminuir as lesões e inflamações. Hoje iremos falar do chá de manjerona, uma planta originada da Ásia. A manjerona pode ser utilizada em óleos essenciais ou chá, como iremos mostrar a seguir.

Receita Chá de manjerona

Ingredientes:

  • Três folhas frescas de manjerona
  • Uma xácara de água

Modo de Preparo: Leve a xícara de água para ferver e desligue a fogo. Em seguida acrescente as folhas de manjerona e deixe em infusão por alguns minutos. Em seguida coe. Beba uma xícara do chá a cada seis horas ou aplique-o em compressas.

Manjerona

Conheça os benefícios do chá de manjerona.

Benefícios da Manjerona

Como mencionado, o reumatismo não é uma doença, e sim um termo para designar um conjunto de doenças. O conceito de reumatismo é relativo a doenças que causam inflamações nas articulações ou em áreas ao redor destas, como nos músculos, ligamentos e tendões.

Assim, doenças como tendinites, bursites e entesites são ocasionadas pelo reumatismo. As bursas são bolsas com líquidos, afim de proteger os músculos e tendões no deslizamento com o osso e não ocasionar desgastes. Deste modo, as bursites são inflamações nas bursas.

Já as tendinites são mais famosas, pois são inflamações nos tendões. Os tendões são estruturas que ligam os músculos aos ossos. Assim, suas inflamações são comuns nos dedos, ombros e nádegas. A última mencionada é a entesite, uma inflamação nas ênteses. As ênteses são os locais em que os ligamentos ou músculos entram nos ossos, que também podem sofrer inflamações. Os locais mais comuns de ocorrências são os joelhos, pés, etc.

Estas são apenas algumas inflamações que podem ocorrer, mas existem diversas outras. Elas são conhecidas desde muito tempo, antes mesmo dos anti-inflamatórios existirem. Assim, elas eram tratadas com compressas, óleos essenciais, banhos quentes e também massagens.

O chá de urtiga e chá de salgueiro são excelentes soluções para tratamento de reumatismo, assim como a compressa de alecrim. Os tratamentos, antigamente, eram combinados com água quente e vapores, afim de otimiza-los.

Quanto a manjerona, esta também é uma planta muito utilizada. A Origanum majorana L. é uma planta muitas vezes confundida com o orégano, pois ambos são da família da menta e crescem em pequenos arbustos. Porém, tanto o aroma quanto o sabor das suas plantas são diferentes. Enquanto o orégano é salgado, a manjerona tem um sabor adocicado.

A manjerona é um ótimo anti-inflamatório, de modo que evita que ocorram inflamações nas articulações e nos seus arredores, também as prevenindo. Assim, ela pode agir nas dores musculares, espasmos, fadiga muscular e também rigidez.

Além disso, a manjerona também é antioxidante, de modo que combate os radicais livres do corpo e o protege contra eventuais doenças cardiovasculares. Ela consegue relaxar os vasos sanguíneos e reduzir a pressão arterial.

Ainda sobre o sangue, a manjerona possui ômega 3, que reduz os níveis de colesterol no sangue. Apesar de muitos consumirem cápsulas com ômega 3, este ácido graxo pode ser obtido por meio da erva.

Ademais, ainda possui propriedades digestivas. O aroma da manjerona estimula a produção de glândulas salivares, o que auxilia no começo do processo de digestão, ainda na boca. Ainda, o chá estimula os movimentos peristálticos do intestino, auxiliando no seu funcionamento e na eliminação das fezes.

Por isso, a manjerona atua em problemas digestivos, como náusea, gases, cólicas, prisão de ventre e diarreia. Basta consumir uma xícara de chá de manjerona por dia, para estimular o melhor funcionamento do estômago e intestino.

Ainda sobre o estômago, a manjerona diminui as úlceras e previne que aconteçam, de modo que também desincentiva a produção dos ácidos gástricos. Ainda, a manjerona diminui o estresse e a ansiedade.

Receitas e Naturais em seu email