Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Chá de Camomila e Erva-doce para Aliviar Cólicas Menstruais

As cólicas menstruais representam um grande transtorno na vida das mulheres. Mas ninguém precisa sofrer todos os meses ou tomar analgésicos fortes. Existem várias ervas que ajudam a aliviar as cólicas menstruais de maneira natural. A camomila, por exemplo, é muito eficiente no combate das dores. Além disso, uma alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos podem amenizar, e muito, as cólicas do período menstrual.

Existem diversas outras receitas para combater a cólica, como o xarope de alecrim e camomila e o chá de calêndula. Então, combinadas com hábitos saudáveis, elas são extremamente importantes em casos de desconfortos pré-menstruais. Hoje, iremos falar sobre o chá de camomila e erva-doce e seus benefícios, confira!

Chá de Camomila e Erva-doce

Ingredientes:

  • 2 colheres (sopa) de flores e folhas secas de camomila
  • 2 colheres (sopa) de sementes de erva doce
  • 1 litro de água

Modo de Preparo: Em uma panela de vidro, ferva a água juntamente com a camomila e a erva doce. Mantenha no fogo por 2 minutos e depois desligue. Espere a bebida amornar, coe e, se quiser, adoce com um pouco de mel. Tome 1 xícara do chá a cada 3 horas ou quando as cólicas aparecerem. O ideal é tomar o chá morno.

Benefícios do chá

Camomila e Erva-doce

Camomila e Erva-doce

As cólicas menstruais, também conhecidas por dismenorreia, são ocasionadas por contrações uterinas, necessárias para a expulsão da menstruação. Elas são muito comuns, e afetam a maioria das mulheres. Por ser algo desconfortável e doloroso, as cólicas incomodam e pode levar à medidas drásticas, como a utilização de muitos remédios.

As cólicas primárias são normais, decorrentes da ovulação. Porém, a cólica secundária é muito mais dolorosa e pode ser ocasionada por inflamações pélvicas, endometriose e fibromiomas. Por isso, observe se seus sintomas são comuns ou se é necessário consultar um médico, para constatar se a cólica está sendo causada por algum outro fator externo.

É irrefutável que a maioria das mulheres recorrem aos remédios para o tratamento da cólica, devido à dor insuportável. Porém, existem outros métodos. É recomendado que no período menstrual as mulheres façam alongamentos e massagens na parte debaixo da barriga. Também, um banho quente e uma bolsa térmica são ótimas opções.

Outra forma de tratar e também prevenir as cólicas são os chás. Este chá que mencionamos acima é um excelente calmante, composto de camomila e erva-doce.

A camomila, a Matricaria recutita, também é conhecida por Margaça, Camomila-vulgar, Camomila-comum, Macela-nobre, Macela-galega, dentre outros nomes. É uma planta conhecida por ser aliviante, muito encontrada em supermercados, nos sachês de chá.

O chá de camomila diminui a hiperatividade, ajudando a pessoa a se acalmar e a relaxar. Assim, ela é um aliviante do estresse, auxiliando no tratamento da ansiedade. Esta ação aliviante e relaxante da camomila leva ao relaxamento dos músculos, de forma que o útero não se contrai tanto, diminuindo as dores.

Ademais, a camomila também atua no tratamento de problemas no estômago, controlando a má digestão e a tratando as úlceras no estômago. Ela ajuda a aliviar o enjoo, age no tratamento de feridas e inflamações e acalma e remove as impurezas da pele.

Você pode encontrar a camomila nos supermercados, em sachês industrializados. Também, em lojas especializadas em chás e outros locais de comércios naturais.

Agora, a erva-doce, de nome científico Pimpinela anisum, é uma planta usada há muitos séculos para fins medicinais. Ela era utilizada para tratar problemas estomacais, como má digestão, gases, úlceras, etc. Porém, com o tempo, mais propriedades e modos de uso da erva-doce foram descobertos.

A erva-doce é uma planta carminativa, antiespasmódica, anti-inflamatória, antimicrobiana, expectorante, diurética, depurativa, antioxidante, antifúngica, antiviral, etc. Ela possui diversos usos, e um dos mais famosos é a eliminação de cólicas em bebês. Apesar de ser muito mais aproveitada em crianças, ela também ajuda os adultos neste mesmo problema.

Outro sintoma muito recorrente no período menstrual que pode ser resolvido com a erva-doce é o inchaço. Além disso, ela regula o ciclo menstrual e diminui as dores nos seios. Ainda, no que se tange às mulheres na menopausa, a erva-doce pode ser muito aproveitada, pois ameniza os sintomas, como o calor excessivo, cansaço, etc.

Receitas e Naturais em seu email