Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Chá de Manjericão – Receita e Benefícios

O manjericão é uma planta que também pode ser chamada de Manjericão-de-folha-larga, Alfavaca, Basilicão, Alfádega, dentre outros nomes. De nome científico Ocimum basilicum, esta planta é originária da Ásia e África.

As folhinhas perfumadas do manjericão são muito usadas na culinária, mas também têm papel importante na medicina natural. O chá preparado com elas é indicado para tratar problemas de garganta, como infecção e a irritação, além de auxiliar nos sintomas da gripe. Isso porque o manjericão é analgésico, bactericida e antisséptico.

Receita

Ingredientes:

  • 1/2 litro de água filtrada
  • 1 colher (chá) de folhas frescas de manjericão
  • 1 colher (sopa) de mel

Modo de Preparo: Primeiramente, ferva a água. Depois, despeje-a sobre as folhas de manjericão picadas e mantenha abafado por 10 minutos. Coe, misture o mel e está pronto para o consumo.

Tome 3 xícaras (chá) durante o dia. Logo ao acordar, à tarde e antes de dormir. O ideal é fazer uso do chá até que os sintomas desapareçam.

Chá de manjericão

Ocá de manjericão é recomendado para tratamento de tosses.

Benefícios do Chá de Manjericão e Dicas

Como mencionado, o manjericão não é uma planta brasileira. Na verdade, ele se originou em outros continentes, na Ásia e na África. Porém, esta planta se popularizou no Brasil devido às suas propriedades medicinais e também ao uso na culinária. Na cozinha, o manjericão é usado em receitas como da pizza marguerita ou em pesos. O aroma desta planta é marcante,  por isso pode ser usada para perfumar diversos pratos.

Porém, hoje em dia já conhece-se todas as propriedades medicinais do manjericão, e por isso ele é utilizado em chás ou mesmo em compressas. O chá de manjericão é indicado para casos de tosses, catarros, problemas no estômago, falta de apetite, gases, dores de garganta, rouquidão, náusea, amigdalite, prisão de ventre, cólica, ansiedade, insônia, enxaqueca, etc. Ademais, as folhas de manjericão também podem ser amassadas e aplicadas em feridas, picadas de insetos, verrugas e até mesmo aftas.

Todos estes tratamentos citados acima são possíveis e efetivos pois a Ocimum basilicum possui muitas propriedades. A planta é digestiva, fungicida, antibacteriana, cicatrizante, febrífugo, estimulante, anti-inflamatória, anti-emético, anti-tussígeno e antiespasmódica.

O manjericão é uma planta que gosta muito de calor e Sol, e por isso se adapta a clima tropicais e subtropicais. Por isso, ele se desenvolve muito bem no Brasil. Porém, atualmente é comum que o manjericão seja comprado em lojas naturais ou até mesmo em supermercados. Ao comprar manjericão fresco, evite guardá-lo na geladeira.

A melhor maneira de conservar as folhas é num copo com água fresca, coberto com um saquinho de plástico. Na geladeira, elas perdem suas propriedades, murcham e se deterioram mais rapidamente.

O chá de manjericão é muito utilizado para males que acomete-nos internamente. Porém, o manjericão também pode ser usado para acelerar a cicatrização de feridas, dentre outros problemas externos. O consumo do chá deve ser diariamente, para que as propriedades sejam bem aproveitadas.

O consumo em quantidades menores do chá de manjericão é benéfico para que seja inibida a produção de cortisol, o “hormônio do estresse”. Assim, no lugar deste hormônio, são produzidas as endorfinas. Ademais, o chá também diminui o estresse oxidativo.  Outro benefício do consumo de chá de manjericão é o tratamento de dores de cabeça. Assim, pode-se diminuir o consumo de analgésicos e medicamentos.

Além de tudo dito, o manjericão possui substâncias que auxiliam na oxigenação das células, o que melhora a circulação sanguínea. Esta propriedade previne o envelhecimento precoce, além de problemas como obstruções.

Entretanto, caso você queira obter todos os benefícios do manjericão, mas não deseje consumir o chá, há diversas outras opções. Pode-se usar as folhas e caules da planta para temperos de saladas, omeletes, ensopados, carnes, etc. O manjericão também é um ótimo ingrediente para pestos e molhos.

Receitas e Naturais em seu email