Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Chá de Flor de Laranjeira para Ansiedade e Estresse

A ansiedade e o estresse sempre estão presentes em nossas vidas cotidianas. Em algumas pessoas estes males se manifestam com menos intensidade. Porém, em outros, os sintomas até mesmo podem atrapalhar a vida cotidiana e a realização de tarefas simples e diárias. Diversas pessoas combatem a ansiedade, e consequentemente, o estresse, utilizando remédios controlados. Porém, as fitoterapias podem ser muito eficazes e menos tóxicas.

A laranjeira é mais conhecida por seus frutos, mas as flores e folhas também são importantes. Para quem anda estressado, o chá preparado com as flores da planta pode ser uma boa recomendação. Por conter substâncias calmantes, que agem de forma natural, a flor de laranjeira é indicada para melhorar a depressão leve, reduzir a ansiedade, combater a insônia e controlar o nervosismo. O melhor de tudo é que o ingrediente é facilmente encontrado e não traz tantos malefícios quanto os remédios ansiolíticos. Aprenda a preparar o chá corretamente.

Receita

Ingredientes: 

  • 1 colher (sopa) de flores de laranjeira
  • 1 xícara (chá) de água
  • mel para adoçar (opcional)

Modo de Preparo: Coloque as flores em uma xícara. Leve a água para ferver e desligue assim que aparecerem as primeiras bolhas. Despeje sobre as flores, tampe e espere 10 minutos. Depois coe, adoce, se desejar, e tome ainda morno. Beba de 2 a 3 xícaras do chá no decorrer do dia. Nos casos de insônia, consumir 1 hora antes de se deitar.

Saiba quais são as propriedades do chá de laranjeira.

As flores de laranjeira possuem propriedade calmante, e por os chás podem ser muito bem aproveitados.

Benefícios e outros tratamentos

As inflorescências da laranjeira se manifestam em pequenas flores brancas, com aroma delicado. O nome científico desta flor é Citrus aurantium e, como mencionamos, é muito utilizada para tratamentos de insônia, estresse e ansiedade. Além do chá, esta pequena flor também pode ser utilizada para preparar a água-de-flor-de-laranjeira e o óleo.

Ainda, além de combater a insônia e ser usado para tratamento de problemas de ansiedade e nervosismo, o chá trata dores menstruais, indigestões, náuseas, dores estomacais, problemas sexuais e colesterol alto . Caso a infusão mostrada acima seja misturada com mel, limão ou a canela, o chá será muito eficiente contra dores de garganta, tosse e problemas nos rins.

Ademais, a flor de laranjeira também pode ser aproveitada de forma eficaz nos banhos, que relaxam, refrescam e ainda deixam um ótimo aroma. Este banho pode ser feito em uma banheira, adicionando óleo essencial de laranja, chá de sal grosso, sulfato de magnésio e flores de laranjeira.

O óleo de flor de laranjeira tonifica a pele, a torna mais hidratada e macia, previne e ameniza irritações, relaxa os músculos, elimina tensões, alivia tensões e também tem efeitos afrodisíacos. Porém, este óleo no comércio é caro, pois é obtido por meio de um processo muito cuidadoso de destilação das flores. Este produto também pode ser encontrado no mercado com o nome de óleo essencial neroli.

Caso não queira comprar o óleo de laranjeira, você pode utilizar o próprio chá para tonificar a sua pele. Coloque o chá na geladeira, depois utilize um algodão para embebedar com o chá e passa-lo no rosto, o revigorando e refrescando. Outra forma de usar o chá é pingando algumas gotas em seu travesseiro, para combater a insônia.

Outra utilidade que muitos não conhecem sobre as flores de laranjeiras é a antisséptica. O chá pode ser bochechado em alternativa ao antisséptico bucal vendido em farmácias e supermercados. Assim, elimina-se micróbios e bactérias, mantendo a sua saúde bucal sempre em dia sem a utilização de produtos industrializados.

Quanto à outras plantas que podem ser usadas para combater o estresse, insônia e nervosismo, pode-se utilizar o maracujá, valeriana, erva-de-são-joão, camomila, tília, melissa, alfazema, ginseng coreano, carqueja, dentre outros. Alguns se utilizam as folhas para os chás, como a camomila, e em outros, usa-se a raiz, como a valeriana. Já no caso do maracujá, aproveita-se as flores para fazer o chá. O maracujá ainda pode ter sua fruta consumida.

Receitas e Naturais em seu email