Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Chá de Artemísia – Benefícios e como fazer

A Artemísia, planta pertencente da família Asteracea, também é conhecida como Camomila-do-campo, Erva-de-fogo, Erva-de-são-joão, Rainha-das-ervas, dentre outros nomes populares. Esta planta é conhecida principalmente no meio feminino, para tratar problemas urinários, como infecções, e para servir como calmante.

O vegetal possui cerca de 380 espécies conhecidas no Brasil, e cada uma delas possui diferentes benefícios e propriedades medicinais. Por exemplo, a Artemísia vulgaris é muito popular por tratar de anemia, cólicas, problemas estomacais, nervosismo, nevralgia, falta de apetite, mau hálito, ciclos menstruais irregulares e aliviar as cólicas. Já a Artemísia absintum é popular devido ao Absinto, a bebida alcoólica que produz. Ela combate vermes e parasitas, abaixa a febre, estimula o útero, dentre outras propriedades. A Artemísia dracunculus também é muito conhecida, chamada popularmente de Estragão.

A Artemísia pode ser utilizada de diversas formas. Porém, a mais comum delas é a confecção do chá, que pode atuar junto ao tratamento de diversos males, como os citados acima. Os tipos mais populares de Artemísia no Brasil são os citados acima, e são eles que comumente são utilizados para fazer chás. Confira abaixo nossa receita e desfrute os benefícios desta planta!

Receita de Chá de Artemísia

Ingredientes:

  • Uma colher de sopa de folhas secas de artemísia
  • Um litro de água

Modo de Preparo: Para fazer o chá, em uma panela, leve ao fogo as folhas secas de artemísia e a água. Deixe ferver por cerca de cinco minutos e então desligue o fogo. Aguarde, com a panela tampada até que o chá fique morno e então coe. Beba uma xícara de chá a cada seis horas, enquanto seu problema perdurar.

O uso da Artemísia é indicado mediante avaliação médica e fitoterápica, pois como a planta possui diversas espécies, o profissional que saberá avaliar o caso e decidir qual a melhor se adéqua na situação em questão.

Contra-indicações: Gestantes e lactantes não devem ingerir o chá de artemísia, pois alguns dos efeitos colaterais são vasodilatação, convulsões, reações alérgicas e aborto.

Sobre a Artemísia

Você pode encontrar a Artemísia em lojas de produtos naturais, jardinagem, feiras e em jardins botânicos. As folhas, além de serem utilizadas para a produção de chá, também podem ser usadas como tempero. Estes são encontrados em supermercados, porém, de forma mais rara.  O uso da Artemísia é tão antigo que existem registros de Hipócrates recomendando esta planta para o tratamento de diversos males. Com o tempo, ela não perdeu sua importância, e hoje, encaramos este vegetal como importante erva medicinal.

Em sua composição, a planta possui flavonoides, cumarinas, triterpenos e substâncias como cânfora, tujona, linanol, betasitosterol e betacaroteno, compostos antioxidantes. Também é abundante em vitaminas e minerais, como a vitamina A, a K, a E, algumas vitaminas do complexo B, o potássio, o cálcio e o ferro.

Além das que citamos acima, existem outras espécies de Artemísia que são mais populares na Ásia, Europa e América do Norte. Entre elas estão a Artemisia dracunculus, que também possui propriedades bem semelhantes às citadas, como tratamento de reumatismo, cólicas, etc, a Artemisia pontica, semelhante ao Absinto, e a Artemisia lactiflora, que contém vasta utilização na culinária japonesa na saborização dos pratos.

Por possuir muitas propriedades próprias para as mulheres, o nome Artemísia se origina da deusa mitológica grega Artemis. Essa é a deusa da virgindade, dos animais, da caça e do parto, conhecida na mitologia como uma guerreira forte. A planta cresce em arbustos da mesma família do girassol e da margarida, contendo hastes roxas e folhas verde-escuras.

Dentre algumas propriedades medicinais que não citamos da planta, estão o alívio de cãibras, estímulo à circulação sanguínea, o tratamento de inflamações da pele, alívio de coceiras, tratamento de insônia, perda de peso, propriedades antiasmáticas e expectorantes, fortalecimento do sistema imunológico e controle do nível de açúcar no sangue.

Além disso, o chá de Artemísia auxilia no fortalecimento dos ossos, pois possui altos níveis de potássio, cálcio e ferro, o que previne a osteoporose e aumenta a densidade óssea.

Curiosamente, a Artemísia pode também ser usada na hora do parto, quando o bebê não está na posição correta indicada.  As parteiras juntavam as folhas da planta em um bastão e as queimavam sobre a pele, em um método chamado de acupuntura térmica. Isso ajuda o sangue a circular e o beber a se movimentar. Esse método foi comprovado em um estudo feito em 1998, publicado pelo Journal of American Medican Association, onde 75% dos 130 fetos submetidos ao procedimento inverteram as posições na hora do parto.

Gostou do nosso post? Tem alguma dúvida ou conhece algum outro modo da Artemísia ser utilizada? Comente aqui!

Receitas e Naturais em seu email