Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Receita de Chás para Cólica Renal

As cólicas renais são, geralmente, causadas por pedras nos rins, que causam a obstrução da urina. Com isso, o rim se dilata, o que gera uma dor intensa. Porém, pode também serem causadas por algum tipo de pressão no ureter. As cólicas se caracterizam por ser uma dor intensa na lombar, aguda e que dificulta a movimentação.

Existem diversos tratamentos hoje em dia para tratar de cólicas renais. Porém, o mais utilizado, desde milhares de anos atrás, é a ingestão de chás, que aliviam as dores e podem até estimular o corpo a expelir as pedras nos rins. Falaremos sobre as receitas e propriedades dos chás de bardana, três ervas (alecrim, boldo e camomila), urtiga, cavalinha, semente de melancia e salsa, ótimos para o tratamento de cólicas renais. Confira.

Receitas de chás para Cólica Renal

Chá de Bardana

A Bardana é uma planta originada da Eurásia e muito comum, hoje em dia, na América. Possui propriedades depurativas e diuréticas, de forma que o seu chá irá contribuir para que haja uma limpeza dos rins, estimulando a eliminação dos cálculos renais.

Ingredientes:

  • Uma colher e meia de sopa de folhas frescas de bardana
  • Um litro de água
  • Mel

Modo de Preparo: Ferva em uma panela as folhas de bardana e água. Deixe amornar, coe e, se preferir, adoce a seu gosto com o mel. Beba uma xícara do chá a cada seis horas.

Precauções: Fique atento, pois crianças e pessoas com diarreia devem evitar a bardana.

Chá de Três Ervas

Este chá é feito com alecrim, boldo e camomila. O motivo é porque estas plantas, além de possuírem ação relaxante que alivia  dores do corpo, têm ação diurética, que auxilia na manutenção da saúde dos rins, propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.

Ingredientes:

  • 01 colher de sopa de boldo
  • 01 colher de sopa de camomila
  • 01 colher de sopa de alecrim
  • 01 xícara de água

Modo de preparo: Ferva a água e acrescente as ervas. Tampe e deixe descansado por 10 minutos. Coe e beba sem adoçar. Beba assim que possível para aproveitar ao máximo as propriedades do chá. O motivo de não adoçar é que o açúcar pode vir a fermentar essas propriedades. Consuma 3 x ao dia, cuidando para não prolongar muito seu uso além do necessário.

Bardana, Alecrim, Urtiga, Cavalinha, semente de melancia e Salsa, respectivamente.

Chá de Urtiga

A Urtiga na verdade é um gênero que possui diversas espécies diferentes, muito encontradas em jardins e terrenos baldios. São plantas que possuem muitas vitaminas e minerais. Por isso, seu chá é indicado em diversas situações, principalmente para combater infecções. Ele também auxilia na eliminação de bactérias prejudiciais aos rins e das temíveis pedras.

Ingredientes:

  • 01 colher de chá de urtiga
  • 01 copo de água fervente

Modo de preparo: Adicione a urtiga na água fervente, tampe e deixe descansando por 10 minutos. Coe e tome 1 x ao dia sem adoçar para não prejudicar a eficácia de suas substâncias.

Contra-indicações: O consumo excessivo de urtiga pode provocar alergias e coceiras bem desconfortáveis na pele, além de alterar o ciclo menstrual. Pessoas com edema no coração provocado por doenças cardíacas e gestantes pelo fato de causar contração no útero, induzindo ao aborto prematuro.

Chá de Cavalinha

A cavalinha é uma planta muito recomendada para tratar, dentre diversos outros problemas, a retenção de líquido, pois seu flavonoides e sais de potássio tem ação diurética, o que estimula o funcionamento dos rins. Além disso, a planta é anti-inflamatória, melhorando as funções renais e aliviando a cólica.

Ingredientes

  • 02 colheres de sopa de cavalinha
  • meio litro de água

Modo de preparo: Ferva a água e adicione a cavalinha. Tampe e deixe descansando por 5 minutos. Coe e beba ao longo do dia até eliminar a dor.

Contra-indicações: O chá de cavalinha não deve ser consumido por mulheres grávidas ou que estejam em período de amamentação, pessoas com pressão baixa, com deficiência de vitamina B1 ou com deficiência de potássio.

Chá de Semente de Melancia

Quando você se der conta dos diversos benefícios que as sementes de melancia trazem para o nosso corpo, nunca mais irá descarta-las. Essa parte tão desprezada da planta é rica em gorduras boas para nossa saúde, além de purificar e fortalecer os rins, amenizando as cólicas renais e ajudando a eliminar as pedras.

Ingredientes:

  • Meio litro de água
  • 02 colheres de sopa de sementes de melancia

Modo de preparo: Desidrate as sementes um dia antes de preparar o chá. Depois, coloque a água e as sementes de melancia em uma panela para ferver. Quando iniciar a fervura, desligue, tampe e deixe descansando até amornar.  Tome em pequenas quantidade durante todo o dia. É importante que seja consumido fresco, no mesmo dia do preparo do chá. Não existem contra-indicações para o consumo.

Chá de Salsa

A salsa, além de ser utilizada como tempero em nossos preparos culinários, também é uma planta medicinal, pois causa a expulsão das pedras renais, sendo considerado um dos melhores diuréticos naturais. Um dos motivos é porque aumenta a micção.

Ingredientes:

  • 01 colher de chá de salsa seca
  • 01 xícara de água fervente

Modo de preparo: Adicione a salsa na água fervendo, tampe e deixe descansando por 10 minutos. Beba várias vezes ao dia.

Contra-indicação: O chá não deve ser consumido por mulheres grávidas pois pode estimular contrações no útero, induzindo ao parto prematuro.

Ademais, é possível evitar problemas renais tomando bastante água, aproximadamente 3 litros por dia, diminuindo o consumo de sal, consumindo com frequência frutas cítricas como laranja ou tangerina e vegetais. Também evite bebidas que contenham cafeína, abandone o vício do cigarro e diminua o consumo de bebidas alcoólicas.

Receitas e Naturais em seu email