Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Tintura Natural e Caseiro para Cabelos Brancos – Sálvia e Chá Preto

É inevitável que com o passar dos anos os cabelos fiquem brancos. Há quem ache que os fios grisalhos guardam um charme, mas algumas pessoas preferem fazer uso dos tonalizantes para disfarçar as raízes brancas. O grande problema é que as tintas de cabelo possuem muitos produtos químicos, que podem danificar os fios. Quem procura uma alternativa menos agressiva, pode recorrer às tinturas naturais.

É preciso destacar, no entanto, que a cobertura desse tipo de tonalizante natural é bem diferente daquelas que encontramos em farmácias. Usando a receita que ensinamos abaixo, você terá um resultado parecido com o das “luzes”, com os fios um pouco mais dourados. Porém, é igualmente interessante para quem deseja menos produtos industrializados.

Receita

Ingredientes:

  • 100ml de água
  • 4 colheres (sopa) de sálvia ( seca
  • 1 colher (chá) de chá preto

Modo de Preparo: Ferva a água e misture as duas ervas. Deixe em infusão por cerca de 30 minutos e depois coe. Aplique a mistura ainda morna nos cabelos e deixe a tintura agir por 30 minutos. Feito isso, lave os cabelos normalmente.

Deve-se utilizar a sálvia comestível, conhecida como Salvia divinorum, pois algumas espécies de sálvia ornamental podem ser tóxicas.

Saiba como pintar os cabelos com chá preto

O chá preto, além de colorir os cabelos, retira o excesso de gordura.

Quais são os benefícios da tintura natural?

Com o envelhecimento, nossos corpos começam a produzir cada vez menos melanina. Isso porque ocorre a autodestruição dos melanócitos, as células produtoras de melanina que se encontram no bulbo capilar. Esta perca de melanina não torna os cabelos mais fracos. Porém, com o envelhecimento, os cabelos também se tornam mais finos devidos à produção menor de queratina e lipídeos, estando brancos ou não.

Estes pelos velos, que são mais finos e frágeis, sofrem ainda mais malefícios, quando expostos às tinturas agressivas produzidas pela indústrias. Estas tinturas, que já são prejudiciais à indivíduos jovens ou com cabelos completamente saudáveis e grossos, são ainda mais malefícios para os idosos, pois afetam os fios e o organismo de forma mais acentuada. As tintas industrializadas comumente possuem metais pesados e também formaldeídos.

Também, em 2001 foi lançada uma pesquisa pela University of Southern California, que estamenta que mulheres que utilizam tintas industrializadas apresentam mais risco de desenvolverem câncer de bexiga.

Ainda, estas tintas não são utilizadas apenas uma vez pelos idosos. Este público costuma a manter uma periodicidade na pintura dos cabelos, comumente a cada mês ou quinzenalmente. Desta forma, os prejuízos são ocorrentes. Ou seja, as tinturas naturais, mais brandas, podem ser muito bem utilizadas por pessoas que desejam menos impactos na sua saúde.

As tinturas naturais são, obviamente, menos agressivas e menos duráveis. Assim, elas poderão ser utilizadas mais frequentemente, mas isso não irão trazer ao usuário tantos malefícios quando uma pintura industrializada teria. Além disso, as tinturas naturais utilizam ervas e plantas que podem trazer benefícios como cicatrização do couro cabeludo, redução de gordura, etc.

O chá preto retira a gordura dos fios do cabelo e couro cabeludo, e também os tinge, tingindo-os em um tom escuro avermelhado. Já a sálvia também possui uma propriedade muito poderosa de coloração, escurecendo o cabelo de forma acentuada. Porém, o cheiro da sálvia é forte, e por isso o indivíduo deve utilizar de acordo com a sua aceitação. O chá preto, como possui está ação adstringente muito forte, pode também tornar o cabelo mais ressecado. Por isso é recomendado que após a tintura, os fios sejam hidratados. Os óleos essenciais são um ótima opção, misturados com cremes de tratamento profundo.

Caso não se interesse por esta receita, outras podem ser usadas. A Henna em pó é uma das tinturas naturais mais utilizadas, extraída da secagem das folhas da Lawsonia inermis. É muito fácil de aplicar nos cabelos, é preciso somente misturar o pó à água, obtendo uma consistência cremosa. A coloração dura cerca de 3 meses, desaparecendo aos poucos.

Receitas e Naturais em seu email