Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Cavalinha – Chá

Anteriormente, já havíamos dado uma receita de chá de cavalinha (Equisetum arvense). Vamos reforçá-la hoje conforme a recomendação da ANVISA. A diferença está na parte utilizada e na indicação. Aqui temos um chá para edemas (inchaço por retenção de líquido)

Você vai precisar de:

  • 3g (uma colher de sopa) das partes aéreas de cavalinha,
  • 150 mL (uma xícara de chá) de água

Modo de Preparo:

Prepare uma infusão: leve a água ao fogo e, quando levantar fervura, desligue o fogo e adicione a cavalinha. Tampe e deixe abafado por alguns minutos.

Posologia

Utilizar uma xícara de chá de duas a quatro vezes ao dia.

Cuidados

  • Evitar em casos de insuficiência renal ou cardíaca,
  • Pode causar alergia em pessoas sensíveis à nicotina,
  • Em excesso, pode causar irritações gástricas e no sistema urinário.

Outros benefícios

A cavalinha também é chamada de erva-canudo, cavalinha-gigante, rabo-de-cavalo e erva-carnuda. Por ser diurética, diminui retenção de líquidos através da urina. A planta acelera o metabolismo do nosso organismo, facilitando a perda de peso, queimando calorias se aliado à exercícios físicos e uma alimentação saudável.

A cavalinha tem ação adstringente, sendo ótima para reduzir a oleosidade da pele, sendo eficaz contra as espinhas. Promove saúde para a pele, melhorando sua elasticidade natural, combatendo assim a flacidez. Além da pele, a planta também traz saúde para unhas e cabelos evitando queda, enfraquecimento e pontas duplas dos cabelos.  Promove brilho, rejuvenesce e também previne a caspa.

A cavalinha também tem ação antioxidante, combatendo os radicais livres, prevenindo assim vários tipos de câncer e também o envelhecimento precoce. A planta também tem ação antimicrobiana e anti-inflamatória. Ela ameniza irritações da pele e elimina com eficácia infecções purulentas como carbúnculos e furúnculos.

A planta melhora a memória e a ação cognitiva do cérebro, também aumenta a densidade óssea, prevenindo a osteoporose, evitando fraturas proveniente de quedas. Isso é devido a sua alta concentração de silício. Serve como um ótimo enxaguante bucal que traz saúde  usada pra tratar sangramento nas gengivas, inflamação nas amígdalas e feridas bucais.

A cavalinha é usada para combater vários tipos de hemorragia

A cavalinha também tem ação anti hemorrágica e antianêmica. É usada também no tratamento de cálculo renal e infecções no aparelho urinário. É usada para tratamento de ansiedade, estresse, variações de humor, anemia, cálculos nos rins e na vesícula, menstruação em fluxo excessivo, febres, dores, reumatismo, osteoporose, inchaços, úlcera e retenção de líquidos.

A cavalinha é ótima para o tratamento de gota, artrite, ácido úrico, obesidade e problemas de próstata. A planta possui dois ácido benéficos para o nosso organismo: o ácido gálico e o ácido péctico que evitam hemorragias. A cavalinha é usada para conter sangramento nasal, uterino e como já comentado, fluxo menstrual excessivo.

É excelente para tratar inflamação nos olhos, como terçol, conjutivite e coceiras por irritação. Por ter propriedades anti-inflamatórias, a cavalinha previne doenças como miopia, astigmatismo e glaucoma, independente das causas serem genéticas ou não. O chá da cavalinha auxilia no combate a congestão nasal.

Por conter antioxidantes, a planta fortalece o sistema imunológico evitando gripes e resfriados.A cavalinha melhora o sistema circulatório do sangue e funciona como um depurador, limpando as toxinas do nosso organismo.

O ácido silício, presente na cavalinha, reforça os tecidos conjuntivos do corpo, fortalecendo as articulações. E este ácido estabiliza o colágeno, melhorando a saúde da pele e diminuindo as marcas da temida celulite.

Cuidado

A cavalinha em doses excessivas pode provocar dor de cabeça, problemas digestivos, nervosismo, perda de apetite, depressão, fraqueza muscular, arritmia, falta de coordenação motora, hipertensão e irritação na mucosa gástrica.

Contra-indicações

A cavalinha é contra indicada para mulheres grávidas e que estejam em fase de amamentação. Diabéticos, pessoas que tomem medicamento controlado, pessoas com pressão baixa, crianças e pessoas com deficiência de vitamina B1 e pessoas com deficiência cardíaca devem evitar o consumo da planta.

 

Receitas e benefícios relacionados

Receitas e Naturais em seu email