Mandioca – Propriedades Medicinais

A Manihot esculenta, conhecida popularmente pelo nome de mandioca, é um planta bastante conhecida dos brasileiros, principalmente por seu uso na culinária. A partir da raiz são produzidas as farinhas, a tapioca, o polvilho, além da mandioca frita, cozida ou ensopada. Do sul ao norte do país, todos conhecem e apreciam os pratos feitos com a mandioca. Mas você conhece as propriedades medicinais dessa planta?

Variedades

Existem dois tipos comuns de mandioca: a doce e a brava. Na mandioca brava é maior a concentração do ácido cianídrico, uma substância tóxica para nosso organismo. Para reduzir o efeito da toxina, a mandioca deve ser cozida ou exposta ao sol. Por isso, da mandioca doce são feitos a maior parte dos pratos, enquanto a mandioca brava é usada principalmente para a produção de farinha, tapioca e polvilho.

Propriedades da Mandioca

Mandioca

Nomes Populares:

  • Aipim;
  • Macaxeira;
  • Maniva;
  • Pão-de-pobre.

Propriedades:

Pouco se fala sobre os benefícios da mandioca para a saúde. A raiz, parte mais consumida da planta, é um alimento de alto valor energético e bastante nutritivo: 100g de mandioca possui cerca de 150 calorias. A raiz também é rica em sais minerais, como fósforo, ferro e cálcio, vitaminas C e do complexo B, óleos essenciais e proteínas.

Devido à sua composição, a mandioca pode ser muito benéfica para a nossa saúde e colaborar efetivamente no combate à diversas doenças. Por suas funções cicatrizantes, diuréticas, antissépticas e emolientes, a mandioca é usada no tratamento de:

  • feridas;
  • conjuntivite;
  • diarreia;
  • disenteria;
  • inflamações em geral;
  • cansaço;
  • insônia;
  • além de abrir o apetite.

Como usar

  • As folhas moídas e tostadas servem como complemento alimentar, por fornecer cálcio, ferro e vitamina A;
  • A farinha da mandioca pode se usada para amenizar a diarreia;
  • O chá da raiz funciona como calmante e favorece o sono;
  • O suco da mandioca brava ajuda a abrir o apetite;
  • Para cicatrizar feridas, se utiliza cataplasmas da raiz fresca.

Cuidados

A mandioca brava, conhecida em alguns lugares do Brasil apenas como mandioca, possui alta concentração de algumas substâncias tóxicas. A linamarina, por exemplo, pode levar à morte. Por isso, é necessário dar um tratamento especial a esse tipo de mandioca para que ela possa ser consumida. Recomenda-se que a mandioca brava passe por choque térmico ou mecânico para a retirada do veneno.


Pesquisar
Pesquisa personalizada
Receitas e Naturais em seu email
Email

Receita Natural em seu e-mail!

Cadastre-se e receba nossos artigos.



Fechar