Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Erva de Santa Maria – Propriedades Medicinais

A Erva-de-Santa-Maria (às vezes escrito sem os hífens no Brasil), de nome científico Chenopodium ambrosioides, é uma planta de caráter medicinal que tem diversas propriedades Entre elas, estão as ações cicatrizantes, anti-inflamatórias, ativadora de circulação, acelera a regeneração muscular e reduz as manchas roxas (quando provocadas por contusões).

Vamos conhecer um pouco mais sobre esta planta.

Nomes Populares

Como o Brasil é um país muito extenso, as plantas costumam ter nomes diferentes dependendo da região. Veja abaixo alguns nomes populares da Erva-de-Santa-Maria:

Erva de Santa Maria

Erva de Santa Maria

  • ambrosina,
  • anserina vermífuga,
  • canudo,
  • cravinho do campo,
  • erva de bicho,
  • erva santa, erva de santa maria,
  • mastruço,
  • mastruz,
  • mentruz,
  • trevo de santa luzia.

Propriedades da Planta

Como já dissemos, esta é uma planta cheia de propriedades medicinais, e trás muitos benefícios para a saúde. Sua principal propriedade é a anti-inflamatória, por isso pode ser usada para tratar inflamações em diversas partes do corpo.

Sua ação antiviral, ajuda a eliminar os vírus que atingem o organismo, inclusive o vírus da gripe. A planta é usada também para tratar problemas respiratórios, como asma, bronquite, catarro, infecção pulmonar, laringites, tosse, e até mesmo a tuberculose. A Erva-de-Santa-Maria é um excelente fortificante dos pulmões, e também das vias respiratórias.

A planta também tem propriedades aromática e antisséptica, além de ser cicatrizante. Por isso é muito usada para tratar ferimentos externos e também internos, como no estômago. É usada também para tratar fraturas. A erva é ainda diurética, estimulante, purgante, sedativa, sudorífica, tônica e vermífuga.

É indicada também para tratar problemas relacionados à circulação sanguínea, como câimbras, contusões, espasmos, hemorroidas e varizes.

Ela também é eficaz contra parasitas, contra insetos e picadas de insetos, pulga, piolho, percevejo, traça, lagarta do cartucho do milho.

Aumenta a transpiração.

Precauções

Assim como todas as plantas e ervas medicinais, é preciso ter cuidado também ao se usar a Erva-de-Santa-Maria. Em doses altas ela é tóxica e pode levar à morte. Por isso, sempre use de acordo com as instruções, e procure sempre um médico antes de utilizar qualquer tipo de medicamento, mesmo que seja natural.

A planta também é abortiva e não indicada para menores de 2 anos. Por isso, se tiver alguma suspeita de gravidez, não utilize a erva. Seu uso interno deve ser feito apenas com orientação.

Pode causar náuseas, vômitos, depressão do sistema nervoso, lesões hepáticas e renais, surdez, transtornos visuais, problemas cardíacos e respiratórios.

Como Usar a Planta

No uso de ações cicatrizantes, para fazer um uso mais eficaz da Erva de Santa Maria, macere algumas folhas com sal e aplique no local da ferida. Pode-se aplicar a folha macerada também em locais afetados por picadas de insetos.

Pode-se também usar o chá da planta como vermífugo e anti-inflamatório. Para fazer o chá, adicione duas colheres (sopa) de erva em um litro de água. Quando a água alcançar fervura, desligue. Tampe e deixe a mistura abafada por aproximadamente 10 minutos. Após esse período, é só coar e beber. Beba de duas a três xícaras ao dia.

Não ultrapasse a quantidade indicada.

Receitas e Naturais em seu email