Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Dente de Leão – Propriedades Medicinais

Dente de leão é o nome vulgar dado a várias espécies pertencentes ao gênero botânico Taraxacum, das quais a mais disseminada é a Taraxacum officinale.

É uma planta da família das compostas (assim como a serralha e muitas outras, que parecem ter várias folhas saindo de uma só). Ela tem inflorescências amarelo-brilhantes ou mesmo brancas. Tem um alto potencial biótico devido à facilidade com que suas sementes se disseminam: com a forma de pequenos pára-quedas, são facilmente levadas pelo vento e, caindo em solo fértil, nascem facilmente.

Essas sementes, que parecem pequenos pompons, são muito usadas pelas crianças, que assopram e se divertem com os mini pára-quedas que voam pelo ar.

Nomes Populares da Planta

Como o Brasil é um país muito extenso e tem regiões muito diferentes umas das outras, os nomes de algumas plantas podem mudar de um lugar para outro. Veja alguns dos nome populares do dente de leão:

Dente de Leão

Dente de Leão

  • alface de cão,
  • alface de côco,
  • amargosa,
  • amor dos homens,
  • chicória louca,
  • chicória silvestre,
  • coroa de monge,
  • dente de leão,
  • dente de leão dos jardins,
  • leutodonte,
  • quartilho,
  • radite bravo,
  • relógio dos estudantes,
  • salada de toupeira,
  • soprão,
  • taráxaco,
  • taraxacum.

Propriedades Medicinais

O dente de leão é uma planta muito usada desde a antiguidade por tratar e prevenir diversas doenças. Ela possui muitas propriedades medicinais, que podem ser aproveitadas ao comer as folhas em forma de salada ou refogadas, ou também fazendo um chá de dente de leão.

É muito utilizada para tratar infecções, pois é anti inflamatória. Também tem propriedades antioxidantes, combatendo os radicais livres e prevenindo o envelhecimento precoce das células.

Tem propriedade aperiente, ou seja, estimula o apetite. Além disso, o dente de leão é uma planta bactericida, carminativa, colagoga, colerética, depurativa, digestiva, estimulante, expectorante, laxante suave, sudorífica e tônica.

O seu uso é indicado em casos de ácido úrico, anemia, cálculos biliares, cirrose, cistite, colecistite, colesterol alto, constipações, diabetes, falta de apetite, fraqueza, gota, hepatite, prisão de ventre, problemas hepáticos, problemas digestivos, reumatismo, para afecções biliares, hepáticas, ósseas, renais, vesicais, impurezas no sangue e insuficiência hepática.

O seu uso diário também deixa a pele muito mais bonita, pois o dente de leão melhora as acnes, escamações na pele, irritações e vermelhidões na pele e até mesmo melhora a celulite, que atormenta tantas mulheres.

Algumas dermatoses e doenças de pele, como edemas e manchas na pele também podem ser evitadas e tratadas com o chá de dente de leão. A planta também previne as rugas, sardas, varizes e verrugas.

Previne também o artritismo, cálculos renais, cárie dentária, derrames, doenças das gengivas, gota e reumatismo.

Como podemos observar, o dente de leão é realmente uma planta poderosa para cuidar da saúde e da beleza.

Precauções

Não se deve utilizar o chá de dente de leão durante a gravidez. Não é indicado também em casos de sensibilidade gastrintestinal, acidez estomacal, obstrução no duto biliar e cálculos renais.

O consumo em excesso da planta pode ocasionar náuseas, vômitos, diarreia, pirose, reações alérgicas, além de moléstias gástricas, como hiperacidez gástrica e hipotensão. Por isso, não exagere no consumo!

Receitas e Naturais em seu email