Benefícios do Pau Brasil

O Globo Repórter que foi ao ar na última sexta feira, 24 de fevereiro, mostrou a importância das plantas brasileiras no tratamento de diversas doenças. Uma das plantas apresentadas foi primeiro produto explorado comercialmente pelos portugueses após a descoberta: o pau brasil. O corante extraído da madeira vermelha tinha grande importância econômica, atraindo o interesse dos colonizadores. Por ser tão importante no início de nossa história, a árvore acabou batizando o Brasil.

Mas a importância mostradas pelo Globo Repórter foi outra. Pesquisas recentes mostraram que o pau brasil possui substâncias terapêuticas, capazes de reduzir os riscos de câncer.

Pau Brasil

Folhas e flores do pau brasil

Propriedades Medicinais

A medicina popular propagou o uso do pau brasil como cicatrizante e adstringente. Tradicionalmente, a planta também é utilizada no combate dos sintomas da asma. A partir dessas informações, pesquisadores resolveram investigar melhor as propriedades do corante, através das substâncias conhecidas como brasileína e brasilina.

Desde 1996, cientistas da Universidade Federal do Pernambuco estão estudando as diversas partes da árvore: flor, folha, caule, cerne e raiz. Os testes, feitos em camundongos, mostraram que essas substâncias são capazes de reduzir tumores. Todos os animais tiveram os seus tumores diminuídos. A pesquisadora Elisângela Silva afirma que o pau brasil possui importantes substâncias antiinflamatórias e pode atuar também como anticancerígeno.

A pesquisa ainda não testou as substâncias extraídas do pau brasil em seres humanos, mas revela a importância de estudos que desvendem as propriedades dessa árvore histórica. Isso talvez ajude os ambientalistas a evitar a extinção do pau brasil. Atualmente, a planta core sérios riscos de desaparecer de nossas matas. No entanto, sabendo de seu poder curativo, talvez seja maior o interesse em preservar a árvore típica de nossa flora.


Pesquisar
Pesquisa personalizada
Receitas e Naturais em seu email
Email

Receita Natural em seu e-mail!

Cadastre-se e receba nossos artigos.



Fechar