Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Óleo de Canola É Bom ou Ruim?

Que óleo você usa para cozinhar? Aqui no Brasil, o mais comum é o óleo de soja porque ele é mais facilmente encontrado nos supermercados e custa menos que outras opções semelhantes. No entanto, outros óleos vegetais podem ser mais interessantes para a alimentação, valendo a pena gastar um pouco mais para incluí-los em nossa dieta.

Esse é o caso do óleo de canola, que é assunto do nosso artigo de hoje.

Sobre o Consumo de Óleos

Antes de falarmos sobre as propriedades do óleo de canola, é importante comentar um pouco sobre os óleos vegetais de um modo geral. Diferentemente do que muitas pessoas pensam, eles não são necessariamente prejudiciais para a saúde. O problema quando consumimos esses óleos é o excesso e a forma de utilização. Muitos dos óleos, inclusive o de canola, não podem ser aquecidos demais e esse é principal “defeito” das frituras. Além disso, eles são calóricos e podem interferir nos níveis de colesterol no sangue.

Óleo de Canola É Bom?

Com relação ao óleo de canola, é importante estar atento a esses pontos que ressaltamos antes, ou seja, ele não pode ser aquecido demais nem consumido em excesso. Para que você tenha uma ideia, uma colher de óleo de canola tem cerca de 120 kcal. Em resumo, ele não é só bom para o organismo nem ruim. Tudo vai depender da forma de consumo.

Circulam na internet alguns textos que afirmam que o óleo de canola é uma enganação e que ele é feito a partir de uma planta transgênica. De fato a colza (Brassica napus) foi desenvolvida em laboratório especificamente para a extração do óleo, que antes era usado como combustível. No entanto, essa criação não significa que a planta seja maléfica, dependendo do modo como é cultivada.

Importante: a palavra canola não se refere à planta que dá origem ao óleo, mas sim à expressão CANadian Oil Low Acid (óleo canadense de baixa acidez).

Óleo de Canola

Óleo de Canola

Óleo de Canola É Saudável?

A pergunta é quase a mesma, mas aqui precisamos entrar um pouco mais na questão dos nutrientes. O óleo de canola, assim como outros óleos vegetais, é fonte de ômega 3, um tipo de gordura essencial que não é sintetizada pelo nosso organismo. O ômega 3 mais benéfico é o de cadeia longa, presente em peixes de água fria. O óleo de canola contém ômega 3 de cadeia curta, que não é tão benéfico.

Além do ômega 3, o óleo contém antioxidantes, como a vitamina E, que favorecem a saúde do organismo e dificultam a formação de placas de gordura no interior das artérias. Assim, se for consumido em quantidades moderadas e sem muito aquecimento o óleo de canola pode ser considerado saudável, mas não mais benéfica que outros óleos vegetais.

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email