Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Benefícios da Aromaterapia e dos Óleos Essenciais

A aromaterapia é um dos ramos da fitoterapia, tão conhecida aqui no Receita Natural. Nesse tipo de tratamento, o que mais importa são os aromas exalados pelos óleos essenciais das plantas e ervas medicinais e não a ingestão das mesmas. Assim, ao invés da extração das substâncias ativas pelo contato com a água quente, como é feito no preparo dos chás, elas são extraídas por meios dos óleos naturalmente contidos em folhas, raízes, sementes e demais partes das plantas.

O uso desses óleos, que podem se aplicados sobre a pele ou colocados em aromatizadores, ajuda, de acordo com a aromaterapia, a restabelecer o equilíbrio do organismo e afastar diversos problemas de saúde.

O que é um óleo essencial?

Se o segredo está nos óleos essenciais, precisamos entender melhor o que são eles. O que chamamos de óleos essencial são substâncias químicas de alta volatilidade que concentram os princípios ativos de uma planta.Nessas substâncias, estão presentes os componentes químicos que, de diversos modos, atuam em nosso organismo trazendo benefícios.

Aromaterapia

Aromaterapia

Dependendo da planta da qual o óleo foi extraído, ele vai apresentar diferentes características: cor, perfume, densidade e etc. E a extração das substâncias benéficas requer muito cuidado. Para que você tenha ideia do quão concentrado é um óleo essencial, são necessários 350 kg de flores de lavanda para se extrair apenas 1 litro da do óleo da planta.

As utilidades dos óleos essenciais

Não é só na fitoterapia que os óleos essenciais são usados. Eles também são muito comuns em produtos cosméticos, perfumes e até produtos de limpeza. No entanto, é importante não confundir o óleo essencial com a essência.

O óleo, como dissemos antes, possui as substâncias ativas daquela planta. Já a essência reúne compostos químicos para que se consiga o mesmo aroma ou outras características do ingrediente inicial. A essência de baunilha que usamos no preparo de doces, por exemplo, tem o gosto e o cheiro da baunilha, mas não necessariamente suas propriedades benéficas.

Na aromaterapia, os óleos essenciais serão utilizados conforme suas propriedades terapêuticas. O óleo de lavanda, que já mencionamos, e o óleo de malaleuca, por exemplo, são considerados como antissépticos. Já o óleo extraído do cravo-da-índia tem função analgésica e repelente. Eles também são muito utilizados para fins cosméticos. Um dos exemplos mais conhecidos é o óleo de cedro, que rejuvenesce a pele, combate a oleosidade do couro cabeludo e ajuda a combater a celulite. Para saber qual óleo é o mais indicado para você, é preciso procurar um especialista em aromaterapia.

Alguns benefícios principais dos óleos essenciais são:

Óleo Essencial

Óleo Essencial

  • Capacidade antisséptica e bactericida;
  • Estimulação da regeneração celular;
  • Alívio de dores;
  • Melhora da circulação sanguínea;
  • Equilíbrio de disfunções emocionais;
  • Combate às infecções;
  • Controle do estresse e da ansiedade;
  • Aumento da energia;
  • Mais concentração.

Óleos Essenciais

Para cada uma dessas funções, haverá um ou mais óleos com propriedades benéficas. Tudo vai depender do que você precisa e das suas características pessoais. Vamos conhecer alguns dos produtos mais utilizados:

Óleo Essencial de Lavanda

A lavanda é um das plantas mais usadas em aromaterapia por várias razões. Ele é bastante indicado para casos de estresse, ansiedade e insônia, pois tem ação calmante. Além disso, alivia dores musculares e hematomas. Aplicado sobre a pele, o óleo alivia as picadas de insetos, como abelhas e formigas. Outra função é como cicatrizante, ajudando a regenerar a pele. Se usado em cicatrizes cirúrgicas, evita a formação de queloides.

Óleo Essencial de Malaleuca Ou Tea Tree

Conhecido como óleo de malaleuca ou de tea tree, ele é indicado para diversos tipos de infecção. Os problemas de pele causados por fungos são facilmente solucionados com o uso do óleo de malaleuca. Ele também é eficaz no tratamentos de micoses, aftas, dores de dente, dores de ouvido, frieiras, furúnculos, herpes, espinhas, candidíase e psoríase. Como o óleos de tea tree fortalece o sistema imunológico, ele também é excelente para prevenir diferentes doenças infecciosas.

Óleo Essencial de Laranja

Óleo Essencial de Laranja

Alecrim

Outro óleo essencial muito utilizado na aromaterapia é o de alecrim.

Ele é indicado principalmente para casos de pressão baixa, tonturas e fraqueza. Por ajudar a melhorar a circulação, ele combate o inchaço e o peso nas pernas, além atenuar as celulites. Se aplicado no couro cabeludo, o óleo ajuda a prevenir a queda de cabelo e a caspa. Ele também hidrata os cabelos e restaura o brilho natural dos fios. Em inalações, ajuda a combater o estresse e o nervosismo, bem como no aumento da memória e da concentração. Uma ótima dica é usá-lo em aromatizadores no ambiente de trabalho.

Óleo Essencial de Eucalipto

O óleo essencial de eucalipto tem um aroma refrescante e, por isso, é bastante usado para desinfetar os ambientes (muitos desinfetantes industrializados utilizam o óleo). E não é só o cheiro que do eucalipto que dá uma impressão de limpeza. Ele é bactericida e fungicida, eliminando microrganismos do ambiente onde é usado. Outra indicação importante é no combate às doenças respiratórias. Quem sofre com resfriados, rinite, sinusite, asma, bronquite e inflamações na gargante pode se beneficiar com o uso do óleo essencial de eucalipto.

Óleo Essencial de Laranja

Por fim, mas não menos importante, temos o óleo essencial de laranja.

Ele estimula o bom funcionamento dos rins e da bexiga, sendo indicado para o tratamento de problemas que possam atingir esses órgãos. Para as crianças, o óleo de laranja tem um papel muito importante, pois diminui a irritação e o nervosismo, além de aumentar a segurança. Problemas alimentares ou medo na hora de dormir podem ser atenuados com o uso de inalações com o óleo. Ele também é tido como um tônico estomacal, pois estimula as funções digestivas. Se for diluído em óleo vegetal, é ideal para uso em massagens de drenagem linfática. Aplicado nos cabelos, fortalece os fios e impede a quebra.

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email