Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

O que é Fibromialgia?

Cerca de 2,5% da população brasileira é atingida pela fibromialgia, mas ainda existem muitas dúvidas a respeito dessa doença. Na verdade, a fibromialgia só foi catalogada muito recentemente e, por isso, até mesmo os médicos desconhecem esse problema. É muito comum que as pessoas procurem um especialista e sejam descreditadas, já que a dor é “invisível”. Assim, é muito importante divulgar e informar sobre essa doença, que está se tornando cada vez mais comum.

A fibromialgia é uma síndrome, que causa dores intensas em várias partes do corpo, especialmente nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles, sem um motivo aparente. As dores aparecem e depois de uma tempo desaparecem, voltando tempos depois. Apesar de ser uma dor “invisível”, ela é real, e não psicológica.

Sintomas da Fibromialgia

O principal sintoma da fibromialgia é a dor intensa por todo o corpo. Quem sofre com o problema pode, inclusive, ter dificuldade para executar tarefas simples, como limpeza da casa ou levantar objetos do chão. Além da dor, outros sintomas também são característicos da doença, como:

fibromialgia

Veja os principais pontos de dor da fibromialgia

  • Cansaço excessivo;
  • Falta de disposição;
  • Dificuldade para dormir;
  • Síndrome do cólon irritável;
  • Sensibilidade ao urinar;
  • Dor de cabeça;
  • Distúrbios emocionais.

Causas da Doença

Pouco se sabe sobre os fatores que levam ao aparecimento da fibromialgia, mas estudos mostram que desequilíbrios hormonais e o estresse estão relacionados com o surgimento da doença. Por essa razão, as mulheres são as principais vítimas – a cada 10 casos, apenas 2 acometem os homens. Nos pacientes, observa-se uma queda nos níveis de serotonina, substância responsável pela sensação de bem estar. Isso explica grande parte dos sintomas.

As dores podem ser confundidas com algumas doenças reumáticas, mas, no caso da fibromialgia, não existem inflamações ou deformidades físicas. Contudo, é importante ressaltar que as dores são reais, e não fruto de distúrbios psicológicos. Ao consultar o médico, descreva com detalhes as dores e outros desconfortos sentidos. Fale sobre o sono e sobre possíveis sintomas de depressão. Quanto mais detalhes, mais fácil é o diagnóstico.

Não existe um exame laboratorial para diagnosticar a doença, o médico vai analisar somente o quadro do paciente e o histórico familiar. Exames de sangue podem ser pedidos para descartar outras doenças com sintomas parecidos.

Foi verificado que pessoas de uma mesma família têm mais chances de adquirir a doença, por isso acredita-se que a doença seja hereditária, passando de pais para filhos através da genética.

Infecções virais e doenças autoimunes também pode favorecer o aparecimento da fibromialgia.

Como Tratar

Infelizmente, ainda não existe cura para a fibromialgia, mas o tratamento pode obter bons resultados. Recomenda-se o uso de medicamentos para dor e antidepressivos, acompanhados de psicoterapia. A acupuntura e a fisioterapia também podem auxiliar, e muito, na redução das dores causada pela doença. Se você sofre com  problema, lembre-se de:

  • Não carregar peso;
  • Evitar situações estressantes;
  • Fazer atividades físicas adequadas para o seu caso;
  • Procurar posições confortáveis quando for ficar na mesma posição por muito tempo.

Infelizmente, não há formas de se prevenir a doença.

Receitas e Naturais em seu email