Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

O que é Febre Chikungunya?

O governo brasileiro emitiu um alerta à população sobre os riscos da febre chikungunya. Até o momento, 16 casos da doença foram registrados no país. O número parece pequeno, mas é alarmante, pois, por se tratar de um vírus novo, os brasileiros não possuem anticorpos contra ele. A tendência, portanto, é que a febre se espalhe mais rapidamente  num primeiro momento, até os organismos consigam desenvolver resistência ao vírus.

Segundo o Ministro da Saúde Arthur Chioro:

É possível (falar em epidemia), mas a gente ainda não consegue ter a dimensão do número de casos, nem a velocidade de propagação da doença. Quando não há registro de casos e aparece alguns, você caracteriza como epidemia, no primeiro momento (Fonte: Correio Braziliense).

Por isso, a situação deve ser tratada com cuidado, ainda que não se tenha a real dimensão da propagação da doença no Brasil.

Sobre a Chikungunya

Sobre a Chikungunya

Origens da Doença

A febre chikungunya é bastante parecida como uma doença conhecida entre nós: a dengue. O vírus, conhecido como CHIKV, também é transmitido por um mosquito. A doença surgiu na África e, em pouco tempo, se espalhou para alguns países asiáticos. Alguns casos foram registrados na América e, daí, chegou ao Brasil. Aqui no país, os mosquitos transmissores da dengue e da febre amarela, o Aedes Aegypt e o Aedes Albupictus, são os responsáveis pela contaminação, que ocorre rapidamente.

Quais São os Sintomas?

Os sintomas da febre chikungunya são bem semelhantes aos da dengue. Os principais são:

  • febre alta
  • dor de cabeça
  • dor muscular
  • erupções na pele
  • conjuntivite
  • dor nas articulações

Esse sintoma é o mais característico da doença. A dor é tão intensa que pode impedir a pessoa de realizar movimentos simples. Além disso, é comum que o quadro se mantenha por vários meses, mesmo depois do desaparecimento de outros sintomas.

A Febre Chikungunya Mata?

Apesar dos alertas, é importante salientar que a febre chikungunya é bem menos letal que a dengue. Os casos mais graves são raros e geralmente ocorrem em idosos, que estão mais suscetíveis a complicações. Ainda assim, é importante controlar a doença. Não existe vacina, nem tratamento para conter o vírus. Por isso, segundo o Ministério da Saúde, as medidas adotadas contra a dengue são as mesmas para a febre chikungunya, ou seja, impedir a proliferação do mosquito. O uso de repelentes também pode manter o transmissor afastado (clique no link para ver a receita caseira).

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email