Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Como escolher, preparar e consumir ervas medicinais

Os remédios naturais podem ajudar na cura ou no tratamento de diversas doenças. A escolha das ervas é uma parte importante para a produção de remédios caseiros. Como estamos sempre ensinando a preparar receitas com plantas medicinais, hoje falaremos um pouco mais sobre o que deve ser observado quando for escolher as ervas para os seus medicamentos caseiros. É preciso lembrar que mesmo sendo naturais, as ervas e plantas podem causar danos à saúde. Por isso, todo o cuidado é pouco quando for manipulá-las e consumi-las.

Cuidados iniciais

Primeiramente, é fundamental que conheça bem o tipo de planta que vai ser utilizada. Como o nome das ervas pode variar de acordo com a região do país, lembre-se sempre de consultar o nome científico para se certificar de que está utilizando o produto correto. Também é necessário ficar atento à parte da planta que será usada na receita, pois qualquer equívoco poderá atrapalhar o resultado final. Na hora de comprar a erva, procure um estabelecimento confiável, que garanta a procedência das mesmas. É comum encontrar bancas em feiras e mercados que comercializam ervas medicinais. No entanto, esse tipo de comércio pode oferecer plantas de origem duvidosa, exigindo mais cuidado. Outro ponto importante é seguir as orientações da receita passo a passo, sem alterar ingredientes ou quantidades. Dessa forma, é mais fácil ter um resultado positivo com o uso do remédio.

Alguns cuidados

Você pode comprar as ervas que irá utilizar ou cultivá-las em seu quintal. Em ambos os casos, algumas dicas ajudam a manter as propriedades medicinais da planta e garantir uma receita mais eficiente. Conheça alguns truques para usar essas ervas da melhor maneira possível:

Ervas Medicinais

Processo de secagem das ervas

  • Se não houver especificações na receita, você poderá utilizar a erva seca ou verde, pois não haverá alterações no desempenho final do medicamento;
  • Antes de guardar as sementes, deixe que elas sequem bastante, expondo-as ao sol;
  • Quando a receita não mencionar as quantidades de erva necessárias, você deve manter a proporção de 4 a 5 colheres (sopa) de erva picada para cada litro de água;
  • Na hora de colher as flores, escolha aquelas que já estejam totalmente abertas;
  • Para aproveitar melhor os benefícios das raízes, colha-as entre o outono e o inverno;
  • A não ser que existam restrições ou orientações específicas, recomenda-se o consumo médio de 3 xícaras de chá por dia;
  • O chá deve ser bebido ainda morno, para que seu efeito no organismo seja mais rápido;
  • Ao colher suas ervas, coloque um cartão amarrado com o nome delas, para não se confundir depois, pois depois de secas elas podem mudar a aparência;
  • Não é aconselhado que se colha as ervas medicinais quando ainda estiverem molhadas de orvalho;
  • Para guardar as plantas é importante que elas estejam secas. Para tanto, você pode secá-las na sombra, no forno com fogo baixo ou ao sol nas primeiras horas da manhã;
  • O armazenamento das ervas secas deve ser feito em potes de vidro ou plástico bem fechados.

Seguindo essas dicas, você certamente estará consumindo ervas de melhor qualidade, que não oferecem riscos à sua saúde.

Receitas e Naturais em seu email