Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Quais Verduras Posso Plantar em Casa?

Preços altos e o abuso no uso de agrotóxicos faz com que muitas pessoas prefiram cultivar verduras em casa. Quem tem um quintal amplo, com muita terra, certamente terá menos dificuldade ao fazer uma horta, mas aqueles que vivem em lugares menores, mesmo em apartamentos, não precisam desistir dessa empreitada.

Na verdade, várias plantas podem cultivadas em espaços pequenos, até mesmo em vasos de diferentes tamanhos, fazendo parte, inclusive, da decoração. Eu moro em apartamento e o vizinho de baixo, que tem em área privativa, tem jabuticaba e pitanga plantadas em vasos bem grandes. Ambas dão frutos na época específica.

Tudo vai depender do espaço que você tem disponível. Para pequenas varandas ou apartamentos totalmente fechados, o melhor são as ervas, que crescem bem em vasinhos pequenos. Se você tem uma área privativa ou um quintal, dá pra cultivar um pomar, além, é claro, das hortas com vários tipos de verduras.

Uma dica bem legal é aproveitar os vegetais que você compra para sua casa. A partir deles, é possível extrair mudas e sementes que servem para o cultivo. Veja algumas sugestões de como plantar verduras em sua casa facilmente:

Hortas verticais são ótimas para quem tem pouco espaço

Hortas verticais são ótimas para quem tem pouco espaço

Quais ervas plantar

Cebolinha: A cebolinha tem um ótimo sabor e ajuda a temperar outros alimentos, além de ser benéfica para a saúde. Para cultivá-la em casa, separe a parte branca, mais próxima da raiz antes de consumir a hortaliça comprada. Esse parte pode ser colocada em copos com cerca de 2,5 cm de água. Depois que começar a brotar, basta transplantar para um vasinho com terra.

Manjericão: O manjericão que compramos no supermercado também pode ser aproveitado na hora. O segredo é cortar hastes bem saudáveis e verdinhas com cerca de 15 cm de comprimento. Retire as folhas do cumprimento da haste, deixando apenas algumas no topo. Coloque num copo com água e vá trocando todos os dias. Assim que começar a dar raiz, replante em um vaso com terra e regue sempre.

Hortelã: Se você comprou hortelã e não usou tudo, faça o mesmo procedimento indicado para o manjericão. As hastes devem ser transplantadas para vasos depois que surgirem as primeiras raízes. O vaso deve ser mais profundo e precisa ter pedrinhas que ajudem na drenagem. A terra não pode ficar seca, nem molhada demais. Regue conforme a necessidade e evite que a hortelã fique exposta aos raios solares durante a tarde.

Alecrim: O alecrim tem benefícios cosméticos e muitas propriedades medicinais. Para cultivá-lo em casa, faça o mesmo que foi indicado para a hortelã e o manjericão. Na hora de transplantar, prepare um vaso furado com 2/3 de areia grossa e 1/3 de terra-musgo. Essa mistura evita o acúmulo de água, mas também é importante que você não regue demais. Outra dica é usar um vaso de terracota, que suga parte da umidade.

Aipo: Ele também pode ser aproveitado. O ideal é cortar cerca de 5 cm do talo mais próximo à raiz e colocar na água. Não precisa deixá-lo inteiramente mergulhado, mas a parte superior não pode ficar seca demais. Quando começar a surgir folhinhas no centro do talo, aguarde de 5 a 7 e depois transplante para um vaso com sistema de drenagem. Como o aipo é uma planta maior, o ideal é usar um vaso que lhe ofereça suporte.

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email