Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Dicas Para Quem Quer Ter Plantas em Casa

Ter plantas em casa é algo bom de diferentes formas. Para começar, o verde traz mais tranquilidade e beleza para o ambiente. Além disso, o cuidado com as plantas é uma forma de combater o estresse e ter mais qualidade de vida. Outro ponto importante é que as plantas cultivadas em casa podem ser usadas para a alimentação e também para o preparo de várias receitas medicinais que ensinamos aqui no blog. Se você está pensando em cultivas pequenas plantas em vasos ou em hortas, vale a pena conferir as dicas:

1. Escolha a espécie mais adequada

A escolha da espécie é um ponto importante porque nem todas irão se adaptar ao seu espaço, à região onde você mora e ao seu estilo de vida. Se você está pensando em cultivas flores, rosas e frésias são boas opções porque se adaptam a lugares com iluminação parcial (não precisam ficar expostas ao sol). Para que não tem muito tempo para cuidar e regar, os cactos e suculentas são as melhores escolhas, já que podem ser regadas a cada 10 ou 15 dias. Para varandas, a pitangueira e as samambaias são ideais.

2. Regue conforme a necessidade da planta

Como comentamos ali em cima, os cactos e suculentas podem ser molhados com intervalos bem longos. Quando a exposição ao sol é direta, o ideal é regá-las a cada 10 dias. Já para as plantas que ficam indiretamente expostas, o prazo entre uma rega e outra deve ser de 15 dias. De um modo geral, a melhor forma de saber se é hora de regar a planta ou não é colocando o dedo na terra e verificando a umidade. O horário para molhar as plantas é preferencialmente de manhã, mas se elas tomam muito sol, regue no fim da tarde para a umidade permanecer na terra durante a parte mais fresca do dia. E lembre-se que as folhas também precisam ser regadas.

Horta em casa

Horta cultivada em casa

3. Compre o vaso certo

O tamanho do vaso vai depender do tamanho da planta. Na hora de comprar a muda, você pode aproveitar e já questionar sobre o tamanho ideal do vaso. Para as plantas que já estão em casa, observe sempre se as raízes não estão saindo para fora do vaso ou se há rachaduras no mesmo. Esses são alguns indicativos de que o vaso está pequeno demais para aquela planta. Outra dica é optar pelos vasos de cerâmica, que preservam melhor a umidade que os de plástico.

4. Limpe e cuida das plantas

Muita gente pensa que basta plantar, regar e pronto. Porém, plantas precisam de cuidados frequentes. A adubação pode ser feita a cada 6 meses. Após esse tempo, vale a pena trocar a planta de vaso, com uma terra nova, adubada e repleta de nutrientes. Com água e os dedos, limpe as folhas delicadamente 1 vez a cada 6 meses para tirar a poeira e os traços de poluição. Também é necessário remover as folhas e galhos secos. Os matinhos que surgem no vaso não precisam ser removidos, a não ser que estejam interferindo no crescimento da planta principal.

5. Acabe com as pragas

Todas as plantas estão suscetíveis ao aparecimento de pragas, mesmo que você tome o maior cuidado. Para combater o problema, é preciso estar sempre atento aos sinais de infestação. Em alguns casos, a planta apresenta pontos escuros no caule e nas folhas. Às vezes também é possível ver os bichinhos se movendo nas folhas. O primeiro passo é tentar removê-los usando as mãos coberta com luvas. Depois, é preciso borrifar o óleo de neem, que age como um pesticida natural. Outra opção é o chá de fumo, feito com 1 punhado de fumo para 1 litro de água. O chá também pode ser borrifado na planta a cada 2 dias.

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email