Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Chá de Aluman

Vernonia condensata, mais conhecida popularmente como aluman ou boldo-baiano é bastante conhecida no nordeste do Brasil por suas propriedades medicinais. Apesar de se assemelhar a o boldo-do-chile, a alumã tem origem africana e possui propriedades diferentes.

Seu uso é indicado para combater problemas digestivos e estimular o funcionamento do fígado. Por isso, o chá serve para aliviar os sintomas da gastrite, da azia, da má digestão e dos problemas hepáticos de um modo geral. A dica para obter todos esses benefícios é preparar o chá corretamente e seguir a posologia apontada abaixo.

Aluman

Aluman

Você vai precisar de:

  • 2 folhas frescas de alumã
  • 1 xícara (chá) de água

Modo de Preparo:

As propriedades das folhas devem ser obtidas por meio de uma infusão. Primeiramente, pique bem as folha e coloque no fundo de uma xícara de cerâmica ou porcelana. Depois, ferva a água em um recipiente que não seja de metal, para evitar contaminações. Depois que a água começar a borbulhar, desligue e despeje sobre a folhas picadas. Use um pires para abafar o chá até que ele fique morno. Tome em seguida, conforme as instruções abaixo.

Posologia

Para que possa agir de modo benéfico, o chá deve ser tomado 3 vezes ao dia: pela manhã em jejum, 30 minutos antes de almoço e 30 minutos antes do jantar. O ideal é consumi-lo morno e sem adoçar.

Precauções

O chá de aluman, assim como outras receitas caseiras, não deve ser consumido sem o acompanhamento de um especialista. Além disso, é importante evitar exageros e consumir o chá exatamente na quantidade indicada acima. Se consumido em excesso, a receita poderá causar irritação na mucosa do estômago, enjoo e vômito. Certifique-se também de que você está utilizando a planta correta, já que existem outras bem semelhantes ao boldo-baiano, mas com propriedades diversas.

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email