Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Para que serve o Agrião? Veja as Propriedades Medicinais + Receitas

Agrião é o nome genérico, vulgar, de várias plantas como Rorippa nasturtium-aquaticum, Nasturtium officinale, ou agrião-do-rio e Lepidium sativum, também designado de mastruço. Também conhecido como agrião de jardim, agrião, agrião-da-índia, agrião-mouro, mastruço ou mastruço-ordinário é uma planta herbácea anual da família Brassicaceae, utilizada como planta medicinal, além de ser utilizado na alimentação humana.

Planta originária do continente europeu, o agrião cresce em lugares úmidos, próximos a riachos, nascentes e lagos. Na agricultura, exige muita irrigação e ambientes de clima ameno. Deve ser cultivado à sombra, recebendo apenas algumas horas de luz solar, no período da manhã.

Facilmente reconhecido, por conta de suas folhas ovaladas, pequenas e verde-escuras, a hortaliça é muito utilizada em saladas, xaropes, sucos e até mesmo abafada, em alguns pratos típicos.

 Nomes Populares:

Agrião

Agrião

  • agrião,
  • agrião do brejo,
  • agrião d’agua corrente,
  • agrião da Europa,
  • agrião da fonte,
  • agrião da Índia
  • agrião da ponte,
  • agrião de jardim,
  • agrião de lugares úmidos,
  • agrião mouro,
  • agrião oficinal,
  • berro,
  • cardamina jontana,
  • cardomo dos rios,
  • mastruço,
  • mastruço dos rios,
  • mastruço ordinário
  • saúde do corpo

Propriedades principais

O agrião é muito rico em provitamina A (principalmente betacaroteno), vitamina C, vitaminas do complexo B, C, E, PP e sais minerais. O talo possui  alto teor de iodo, responsável pelo equilíbrio do hormônio tiroide, evitando o hipertiroidismo e o bócio, além de  auxiliar no metabolismo, bom funcionamento do sistema nervoso e crescimento infantil.

As folhas possuem, por conta de sua origem botânica, um sabor picante e aromático que estimula o apetite. A planta também apresenta alto teor de cálcio, fósforo, ferro e  heterósido sulfurado.

Dentre suas propriedades, podemos citar: estimulante, depurativa, febrífuga, anti-escorbútica, diurética,  afrodisíaca, anti-séptica, aperiente, diurética, metabólica, expectorante, hipoglicêmica, laxativa, nutritiva, purgante e tônico estomacal.

agriao folhas

Veja abaixo para que serve e as receitas de chá de agrião e xarope de agrião

Indicações

Em forma de suco é útil no combate ao raquitismo; problemas de pele e pulmões; além de limpar os cálculos do sangue, rins e fígado.

Em forma de chá trata catarro e tosse. Já na forma de xarope, fortalece o sistema imunológico, combatendo doenças respiratórias e intestinais.

Anote as receitas:

Chá de agrião

Ingredientes

  • ½(meia) xícara de chá de agrião (folhas e talos);
  • 01(uma) colher de sopa de mel de abelhas;
  • 100 ml de água mineral ou filtrada.

Modo de fazer o chá: Coloque a água em um recipiente e leve ao fogo, desligando antes de atingir o ponto de ebulição. Adicione as folhas e talos e tampe deixando descansar por aproximadamente 10 minutos. Coe em seguida  adicione o mel de abelhas, somente após amornar, para que não se percam as propriedades do mel.

Xarope de agrião

Ingredientes

  • 01 (um) maço de agrião (planta adulta);
  • 03 (três) colheres de açúcar mascavo;
  • 200 ml de mel de abelhas;
  • 02 (dois) limões taiti ou galego.
  • 01 (uma) xícara de café de água filtrada ou mineral.

Modo de fazer o xarope: Lave cuidadosamente, todo o maço de agrião (folhas, talos), cortando com as próprias mãos. Descasque os limões, reserve a casca e corte os limões em rodelas grossas.

Coloque o agrião, as cascas dos limões e o açúcar mascavo em uma panela (preferencialmente de ferro, mas na falta desta, poderá ser de outro material).

Deixe queimar o açúcar, junto com o agrião e as cascas, mexendo sempre para não queimar. Em seguida, adicione os limões e continue mexendo por aproximadamente 05 (cinco) minutos. Acrescente a água e deixe ferver até formar uma calda em ponto de fio. Deixe esfriar bem e somente então, adicione o mel de abelhas.

Guarde o xarope em um recipiente de vidro, previamente esterilizado (basta ferver em água por 10 minutos) e mantenha tampado em local seco e arejado.

Consuma em até 10 (dez) dias.

Modo de usar: Adultos: 02 (duas) ou 03 (três) colheres de sopa ao dia. Crianças: 01 (uma) colher de sopa ao dia.

Precauções

Mulheres grávidas devem evitar seu consumo. A planta pode ter efeitos abortivos.

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email