Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

Benefícios da Erva Doce

A erva doce (nome científico Foeniculum vulgare), também conhecida como funcho ou anis, é uma planta medicinal utilizada há milhares de anos, além de ser também muito usada na culinária, no preparo de bolos e biscoitos e até mesmo em alguns pratos salgados. Dizem que os antigos egípcios acreditavam que a erva doce poderia afastar os sonhos ruins e, por isso, eles dormiam com um pouco da erva seca embaixo do travesseiro. Os gregos da antiguidade utilizavam o funcho como emagrecedor e os romanos acreditavam que o consumo da erva doce poderia melhorar a visão.

Mas será que os nosso antecedentes estavam certos? Hoje em dia, estudos científicos mostram que a erva doce possui de fato algumas importantes propriedades terapêuticas. Conheça mais sobre esses benefícios!

Propriedades da Erva Doce

Nossas avós já recomendavam o chá de erva doce para problemas digestivos e cólicas intestinais. O que elas não sabiam é que essa erva possui algumas substâncias essenciais, que têm função calmante, digestiva, diurética e anti-inflamatória. Por essa razão, a erva doce pode ser utilizada com as seguintes funções:

Erva Doce

Saiba para que serve a erva doce.

  • Para melhorar a digestão – devido aos óleos essenciais que formam enzimas digestivas;
  • Combater a acidez estomacal – devido a presença do anetol, que ajuda na absorção dos nutrientes e também diminui a inflamação no estômago e intestinos.;
  • Regular a pressão arterial – pois trata os problemas do coração, reduzindo as taxas de gorduras e colesterol ruim;
  • Aliviar os gases;
  • Acabar com o mau hálito;
  • Melhorar os sintomas da gripe – pois contém vitamina C, que fortalece o sistema imunológico, além dos óleos essenciais, que fornecem calor para o corpo;
  • E contribuir para o emagrecimento – tem uma quantidade insignificante de gorduras e ainda é rica em fibras, que fazem com que o intestino funcione melhor.

No bulbo e nos talos do funcho, também encontramos os flavonoides, que são substâncias com poder antioxidante. Assim, o consumo da erva também ajuda a retardar o envelhecimento das células e prevenir alguns tipos de câncer.

Como Consumir

O chá de erva doce (clique no link para aprender o preparo do chá) é a forma mais comum de se consumir essa planta medicinal. No entanto, ela também pode ser utilizada no preparo de sopas, saladas, refogados e purês. O sabor e o aroma da erva doce fazem com que ela sirva como um excelente condimento tanto para alimentos doces quanto para os salgados.

Vale lembrar que o consumo da erva doce não é recomendado às mulheres grávidas, pois as substâncias ativas da planta podem levar ao aborto. Os bebês menores de 6 meses também não devem consumir o chá de funcho, assim como qualquer outro alimento diferente do leite materno.

É um erro dar qualquer tipo de alimento que não seja o leite materno para a criança antes que ela complete 6 meses de idade. A não ser em casos específicos, onde a mãe não consiga produzir leite, por alguma razão física ou psicológica. Nesses casos, o pediatra deve receitar o melhor alimento a ser oferecido.

Receitas e Naturais em seu email