Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Pesquisar

O Perigo dos Agrotóxicos

Poucos sabem, mas o Brasil é campeão no uso de substâncias tóxicas na agricultura. Em 2013, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a ANVISA, divulgou o impressionante resultado de uma pesquisa feita com amostras de frutas e verduras. Segundo o estudo, 36% eram impróprias para o consumo pelo excesso de toxinas ou pela presença de substâncias proibidas no país.

De acordo com estimativas do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada ano, 500 mil brasileiros procuram atendimento devido à contaminação por agrotóxicos. As análises revelam ainda que a população, de um modo geral, ingere resíduos de toxinas em quantidades bem superiores ao limite permitido pelas autoridades responsáveis.

Agrotóxicos

Agrotóxicos

Os Riscos Para a Saúde

A utilização dessas substâncias tem um efeito em cadeia que só pode ser medido a longo prazo. Além do risco direto para quem come um alimento com resíduo de agrotóxicos, é preciso pensar ainda na contaminação do solo e da água, bem como nos trabalhadores rurais que entram em contato com o veneno usado na agricultura.

Quando ingerimos um alimento tóxico, o nosso organismo tenta neutralizar a substância. Porém, quando há excesso de toxinas, o fígado acaba sobrecarregado e não dá conta de impedir os efeitos nocivos. Veja o que diz o nutrólogo Roberto Navarro:

O fígado humano tem o poder de identificar as toxinas e transformá-las em não tóxicas. O problema é a quantidade. Consome-se tanto agrotóxico que o fígado fica sobrecarregado e não dá conta de metabolizar e anular o efeito tóxico. Com isso, as toxinas adentram as células e aumenta-se a incidência de câncer (Fonte: saude.ig.com.br).

Lista de Alimentos Contaminados

O estudo feito pela ANVISA chegou a uma lista com os alimentos mais contaminados. O primeiro lugar é o pimentão, que teve 213 amostras analisadas, das quais 89% foram consideradas inadequadas para o consumo. Logo depois vem a cenoura, com 67% de reprovação, e o morango, com 59%.  Também estão na relação:

  • pepino (44%);
  • alface (43%);
  • abacaxi (41%);
  • laranja (28%);
  • uva (27%)
  • mamão (20%)
  • arroz (16%)
  • tomate (12%)
  • maçã (8%)
  • feijão (6%)

Diante desses números, o que podemos fazer é exigir das autoridades mais fiscalização e cuidado com a saúde da população.

Mais Receitas e Dicas Naturais

Receitas e Naturais em seu email