Guaraná em Pó

Não é de hoje que o Guaraná da Amazônia (Paullinia cupana) é referencia quando se trata de estimulante. As sementes do guaraná, amplamente utilizada em refrigerantes e energéticos tem propriedades de combater o cansaço, fadiga e funcionar como tônico, seja para suportar as pressões do dia a dia, seja para atletas. No entanto, o consumo do pó de guaraná deve ser regrado e, para dar esta dica, baseamos nas recomendações da ANVISA.

Guaraná

Guaraná

Você vai precisar de:

  • 0,5g a 2g (de uma a quatro colheres de café) do pó de guaraná

Modo de Preparo:

Se desejar, pode-se diluir o pó em água

Posologia

Utilizar a quantidade de guaraná pura ou diluída em água

Guaraná em pó – efeitos colaterais

  • A ser evitado em casos de pessoas que sofram de ansiedade, hipertiroidismo, hipertensão, arritmias, problemas cardíacos, estomacais e intestinais, taquicardia paroxística, gastrite e cólon irritável.
  • Evitar dosagens acima da recomendada por poder causar insônia, nervosismos e ansiedade.
  • Não associar com outras drogas com bases xânticas (café, noz de cola, mate),
    nem com antihipertensivos.

Pesquisar
Pesquisa personalizada
Receitas e Naturais em seu email
Email

Receita Natural em seu e-mail!

Cadastre-se e receba nossos artigos.



Fechar